Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021

PF apreende documentos e computadores de Del Nero, mas cartola nega problemas

PF apreende documentos e computadores de Del Nero, mas cartola nega problemas profissionais

26 novembro 2012 - 14h20
Uol

Oficiais da Polícia Federal compareceram à casa do presidente da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo del Nero, na madrugada desta segunda-feira e apreenderam documentos e computadores do dirigente. Del Nero era aguardado na manhã desta segunda na abertura oficial da Soccerex, feira anual de futebol realizada no Rio de Janeiro, mas ainda não compareceu ao evento.

O cartola paulista, que também é vice-presidente da CBF, foi encaminhado à sede da PF em São Paulo para prestar esclarecimentos e foi liberado em seguida.

"Estou absolutamente tranquilo. É algo de ordem pessoal, que corre sob sigilo e não envolve minha atuação no futebol e no meu escritório de advocacia. Essa ação não atrapalha em nada neste momento [CBF e FPF em evidência por conta da troca de treinador]. A Polícia chegou em casa, pediu documentos, eu dei, depois prestei depoimento por cerca de 20 minutos. Estou tranquilo", disse Del Nero ao UOL Esporte.

"Como advogado, a gente não se assusta com essas coisas. Chegaram em casa, falaram que precisavam falar comigo e eu fiz isso. Conversei normalmente e prestei os esclarecimentos. Minha vida profissional tem o futebol e o escritório de advocacia e não tem nada a ver", completou o dirigente, que descartou estar envolvido com a operação Porto Seguro da Polícia Federal.

A ação deflagou um esquema de corrupção que envolve Rosemary Novoa de Noronha, ex-chefe de gabinete da Presidência da República em São Paulo e com trânsito livre no meio do futebol.

Advogado especialista em Direito Penal, Marco Polo del Nero assumiu a presidência da FPF em 2003 e já foi reeleito para o cargo duas vezes. Em 2007, ele se tornou membro do Comitê Executivo da Conmebol (Confederação Sul-Americana de Futebol).

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO HÓRUS
Polícia Militar apreende mercadorias de descaminho
PANDEMIA
Saúde confirma mais 1.522 infectados pela Covid e casos ativos passam de 12 mil em MS
POLÍTICA
CPI da Pandemia vai pedir que PF apure ameaças recebidas por senadores
CORONAVÍRUS
Com novos lotes, Mato Grosso do Sul soma 1.199.010 doses recebidas da vacina contra COVID-19