Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

PM prende suspeito de matar sargento do Corpo de Bombeiros

PM prende suspeito de matar sargento do Corpo de Bombeiros

30 dezembro 2011 - 09h44
Campograndenews

O Tático do 10° Batalhão da Polícia Militar prendeu na noite de ontem, Valdir Alves da Conceição, 23 anos, suspeito de ter matado o sargento do Corpo de Bombeiros, Marcos Luciano Guilherme dos Santos, 40 anos, na madrugada de Natal.

Os policiais chegaram até ele em uma borracharia na avenida Guaicurus, na altura do bairro Jardim Colibri, por volta das 23h, depois de uma denúncia pelo 190.

Durante a abordagem, ele assumiu ter sido o autor dos disparos e disse aos policiais que achou que o sargento fosse um amigo do rapaz que ele estava perseguindo.

Ainda de acordo com a PM, Valdir disse que não tinha ideia que a vítima fosse do Corpo de Bombeiros e até demonstrou certo arrependimento.

Na noite de ontem ele informou também o local onde tinha dispensado a arma, no bairro Nova Lima. Policiais vasculharam a região, mas por ser de difícil acesso, a arma não foi localizada.

Crime - O oficial morreu após ser atingido por dois tiros no tórax, na rua Dourado, próximo ao cemitério do Cruzeiro, no bairro Coronel Antonino, em Campo Grande. O sargento, acompanhado de um amigo, estava em um veículo Fiat Uno com placas de Camapuã, quando um rapaz, identificado como sendo Willian Cristofer de Oliveira Souza, 20 anos, passou correndo em frente ao veículo gritando por socorro.

O sargento saiu do carro e abordou um rapaz que estava perseguindo William. Em seguida, sem falar, o rapaz sacou uma arma de fogo e disparou a queima roupa, efetuando dois disparos no peito do sargento. William foi atingido de raspão no braço.

O amigo do sargento ao perceber que ele havia sido ferido, seguiu até a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Coronel Antonino, porém a vítima não resistiu e morreu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular