Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021

Polícia faz reconstituição de crime em MS

Polícia faz reconstituição de crime em MS

08 novembro 2011 - 22h25Por Dourados News
Terminou ontem (8) a primeira parte da reconstituição do assassinato da manicure Jamille Letícia de Souza Santos, de 29 anos, morta a facadas pelo ex-companheiro, Walder Arantes da Rosa, de 42 anos, o ‘Maguila’.

No local, toda a quadra da casa onde morava Jamille foi isolada pela polícia, aproximadamente uma 100 pessoas estavam nas redondezas, e no momento que Walder terminou sua participação e foi levado de volta a delegacia, a população demonstrou muita revolta e protestaram quanto a morte da mulher. Neste momento, começou a reconstituição com as testemunhas.

A Delegada Dra. Magali Cordeiro Leite, em entrevista a reportagem do Dourados News, afirmou que é muito importante a reconstituição, pois há muitas divergências, no que afirma o assassino, e pelo que dizem as testemunhas, sendo uma delas a filha de 13 anos, que contou uma versão completamente de Walder.

Durante a reconstituição, ele alegou que agiu por legítima defesa após a briga com a ex-mulher, já a polícia afirma ter testemunhas que dizem o contrário, que ele foi até o local com tudo planejado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Estudo diz que CoronaVac eleva resposta em pacientes imunossuprimidos
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe 62.230 doses de vacinas contra Covid-19
POLÍTICA
CPI: Marcelo Blanco diz que negociava vacinas para setor privado
EDUCAÇÃO
Processo seletivo da UEMS 2022 terá vagas para vestibular, Sisu e Enem