Menu
Busca quinta, 05 de agosto de 2021

Polícia Militar Ambiental autua pescadores no rio Taquari

Polícia Militar Ambiental autua pescadores no rio Taquari

31 outubro 2011 - 13h20
Midiamax

Três pescadores foram autuados na tarde deste domingo (30) por Policiais Militares Ambientais (PMA) de Costa Rica (MS), que trabalham na operação Dia de Finados. Dois deles foram autuados por crime de pesca predatória e um por pescar sem licença ambiental.

Os policiais fiscalizavam o rio Taquari, na região do Buriti, em Alcinópolis (MS) e prendeu o primeiro pescador, residente em Alcinópolis (MS), que estava em uma embarcação e praticava pesca com redes - petrecho proibido.

Ainda na embarcação, foi apreendida uma espingarda calibre 20, com dez cartuchos. O barco, o motor e duas redes de pesca também foram apreendidos. O pescador foi multado em R$ 700,00.
Os policiais abordaram outro pescador que estava em uma embarcação pescando com anzol de galho - petrecho proibido. Com ele foram apreendidos: 40 anzóis de galho, um motor de popa e um barco.

Os dois pescadores responderão pelo crime ambiental de pesca predatória e poderão pegar pena de um a três anos de detenção. O responsável pela arma poderá pegar pena de mais um a três anos pela posse ilegal.

A PMA autuou mais um pescador por pescar sem licença. O pescador, residente em Alcinópolis (MS), foi multado em R$ 300,00. Com ele foi apreendido um motor de popa, um barco com tanque e dois molinetes.

A pesca sem licença não constitui crime ambiental e sim infração administrativa.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSISTÊNCIA SOCIAL
Evento da Sedhast reúne experiências do Programa Criança Feliz em MS
ECONOMIA
Indicador de Emprego da FGV atinge maior nível desde fevereiro de 2020
POLÍCIA
PMA autua pescador profissional por extração ilegal de recursos minerais e degradação área protegida
CULTURA
Artesãos do Estado veem concurso da Fundação de Cultura como oportunidade de reconhecimento