Menu
Busca quarta, 04 de agosto de 2021

Policial Federal mata bombeiros em inauguração de boate em Ponta Porã

Policial Federal mata bombeiros em inauguração de boate em Ponta Porã

12 novembro 2011 - 15h00
Redação - Tião Prado

Na madrugada deste sábado (12), por volta das 2h20min, na reinauguração da Boate Niz, que está situada na rua Paraguai, na linha Internacional Ponta Porã/Pedro Juan Caballero, aconteceu uma briga entre seguranças da Boate e o Policial Bombeiro militar da cidade de Corumbá de nome Paulo Sérgio Pompeu, 22 anos.

Neste momento um dos proprietários da boate pediu ajuda a um policial federal que estava realizando um serviço de inteligência nas proximidades do local que fazem serviço de investigação na tentativa de localizar suspeitos de tráfico de drogas que estariam agindo na redondeza.

Quando o agente federal chegou ao local para retirar o bombeiro, este gritou ao policial que ninguém o tiraria da boate, momento em que se apossou de uma garrafa que posteriormente quebrou no chão e tentou agredir o policial, sendo que o federal e os seguranças dominaram o bombeiro Sérgio e o retiraram para fora da boate. Neste instante o bombeiro militar ameaçou o policial Federal e as pessoas que ajudaram a retirá-lo do local.

Pessoas que testemunharam o caso, informaram que o bombeiro Sérgio teria se dirigido a um veiculo Toyota Corolla, cor cinza, placa EBN 6920 de São Paulo SP, de onde retirou uma pistola 9mm e efetuou vários disparos para o alto e ameaçou atirar contra as pessoas que se encontravam nas imediações da boate. Neste instante o policial federal sacou sua arma, uma pistola 9mm e solicitou ao bombeiro que largasse a arma, sendo que o bombeiro não atendeu a solicitação e apontou a pistola em direção ao Federal, efetuando alguns disparos em sua direção, momento em que se sentindo ameaçado, o federal revidou disparando a sua arma em direção ao bombeiro Sérgio acertando um disparo e o ferindo na região da barriga.

Sérgio ainda chegou a ser socorrido no hospital regional de Ponta Porã, aonde às 4 horas veio a óbito devido a uma hemorragia interna. A Policia Militar foi a primeira a chegar ao local do ocorrido onde foi encontrado o PF que tirou a munição de sua arma e a entregou aos policiais militares.

A pericia da polícia civil foi acionada, chegando ao local acompanhada do delegado do 2° DP, que após ouvir as partes decidiu repassar a investigação ao delegado da polícia federal, Dr. Eustáquio Almeida.

Os peritos recolheram várias cápsulas deflagradas de pistola 9mm e recolheram a arma do bombeiro que ficou no local.

O doutor Alexandre Amaral Evangelista, delegado do 2°DP, informou que a razão de repassar a investigação ao delegado da PF e que o policial federal que atirou no bombeiro estava no local a serviço.

Dois veículos que se encontravam nas proximidades onde ocorreu o tiroteio receberam disparos de pistola, sendo atingidos um veiculo VW/Gol, cor branco, placa HTT 7002 de Ponta Porã MS, que recebeu um tiro de pistola na parte do pára-lama da roda trazeira, lado direito e um VW/Golf, cor preta, placa HTD 0388 de Ponta Porã MS, que foi atingido na porta do passageiro lado direito.

As testemunhas foram encaminhadas para a delegacia de polícia civil de Ponta Porã ainda nesta madrugada para prestarem esclarecimentos do que ocorreu no local. Já o policial federal foi encaminhado a delegacia de polícia federal de Ponta Porã aonde aguardará as investigações.

Com informações de Léo Veras

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Estudo diz que CoronaVac eleva resposta em pacientes imunossuprimidos
CORONAVÍRUS
Mato Grosso do Sul recebe 62.230 doses de vacinas contra Covid-19
POLÍTICA
CPI: Marcelo Blanco diz que negociava vacinas para setor privado
EDUCAÇÃO
Processo seletivo da UEMS 2022 terá vagas para vestibular, Sisu e Enem