terça, 27 de fevereiro de 2024

Prefeitura reaproveita materiais publicitários na fabricação de sacolas retornáv

Prefeitura reaproveita materiais publicitários na fabricação de sacolas retornáveis

22 maio 2012 - 15h11
Divulgação (TP)

A Prefeitura de Amambai em ação da Secretaria de Meio Ambiente (SEMAI) produziu sacolas retornáveis feitas com material reaproveitado de campanhas de divulgação.


Os banners utilizados em diversas divulgações são feitos de lona resistente e após sua utilização ficavam guardados, sem uso ou eram descartados. A SEMAI decidiu reaproveitá-los como matéria-prima na fabricação de sacolas retornáveis, atualmente muito utilizadas nos supermercados como alternativa ambientalmente correta às sacolinhas de plástico.


As sacolinhas de plástico que ainda são distribuídas em alguns supermercados demoram de 400 a 500 anos para desaparecerem e ainda emitem gases poluentes durante a sua confecção. Muitas pessoas ainda resistem em usá-las para utilizar nas lixeiras, mas existem alternativas como as dobraduras feias com jornal que podem forrar as lixeiras que recebem o lixo seco e ainda os sacos de lixo comum vendidos no supermercado, estes sacos de lixo são feitos de plástico reciclável ao contrário das sacolinhas. Vale lembrar que mesmo as sacolinhas feitas com plástico biodegradáveis são poluidoras, apesar de desaparecerem mais rápido, emitem gases poluentes durante a sua decomposição.


Com atitudes como essa a SEMAI procura sempre oferecer alternativas ambientalmente corretas ao cotidiano da população.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

País tem quase 20 mil novos diagnósticos de câncer de pênis em 9 anos

CONSUMIDOR

Projeto proíbe comprar imóveis, carros e obras de arte com dinheiro vivo

SAÚDE

Brasil já registra metade dos casos de dengue contabilizados em 2023

GESTÃO PÚBLICA

Titular da pasta de parcerias estratégicas de MS recebe prêmio nacional de infraestrutura na B3