sexta, 23 de fevereiro de 2024

Presa quadrilha de estelionatários que aplicou R$ 400 mil em golpes

Presa quadrilha de estelionatários que aplicou R$ 400 mil em golpes

20 abril 2012 - 09h50Por CG News
A 5º Delegacia de Polícia Civil está investigando, em Campo Grande, uma quadrilha de estelionatários que, durante meses, aplicou golpes de cerca de R$ 400 mil em lojas de material de construção. Pelo menos 5 pessoas fazem parte do grupo, que pode ser muito maior.

Dessas, quatro chegaram a ser presas, um foi liberado, outros três ficaram detidos até quarta-feira, quando venceu a prisão temporária. A Polícia deve pedir outras prisões.

Entre os que são apontados como envolvidos no grupo estão uma mulher identificada como Sônia Galdino dos Santos, 36 anos, o pai dela, Pedro Galdino dos Santos, de 57 anos, o marido de Sônia, Roque Joelson Finamor Martins, 29 anos, e Eduardo Afonso Sampaio de Andrade, 35 anos.

O grupo atuava em Mato Grosso do Sul, São Paulo e Estados da região sul. A quadrilha comprava móveis, produtos veterinários e materiais de construção para revender.

A investigação envolve pelo menos dois delegados, titular da delegacia, Fernando Nogueira e o delegado Cláudio Zotto. Zotto disse que o bando tinha até contratos com fazendas para fornecer os produtos.

Eles usavam cheques, cartões de crédito, notas promissórias e documentos falsos para aplicar golpes na cidade. Conforme o delegado, a Polícia chegou até a quadrilha após de receber várias denúncias de comerciantes.

Ainda de acordo com o delegado, R$ 100 mil de produtos adquiridos pela quadrilha já foram recuperados. Por causa da quantidade, uma casa vazia foi cedida para colocar todos os materiais apreendidos.

Entre os produtos estão: móveis de madeiras, equipamentos de academia, produtos veterinários, mesa de sinuca, portas, pisos, forros, tubos, bombas d’água e sapatos.

O grupo vai responder por crime de estelionato e formação de quadrilha.

Deixe seu Comentário

Leia Também

GERAL

Antropólogos propõem incluir povo indígena em debate sobre bioeconomia

GERAL

Estudo aponta impacto etnorracial no desenvolvimento infantil

GERAL

STF pode agendar audiências para debater revisão da Lei da Anistia

INVESTIMENTO

Ministra do Departamento Econômico e Comercial da China vem a MS prospectar negócios