Menu
Busca terça, 19 de outubro de 2021

Propina na Casa da Moeda foi em dinheiro vivo, diz empresa

Propina na Casa da Moeda foi em dinheiro vivo, diz empresa

11 fevereiro 2012 - 08h30
Folha.com

Relatório de uma operadora financeira de Londres diz que o ex-presidente da Casa da Moeda Luiz Felipe Denucci recebeu, em dinheiro vivo, US$ 6,15 milhões de "comissão" de fornecedoras da estatal, informa reportagem de José Ernerto Credencio e Andreza Matais, publicada na Folha deste sábado.

A entrega, segundo relato da corretora, seria feita num apartamento de Denucci no Rio de Janeiro.

O ex-presidente da Casa da Moeda, afirma não ter "consistência" a informação de que recebeu dinheiro de comissão de fornecedoras da estatal.

Conforme revelou a Folha, a demissão de Denucci aconteceu após o governo descobrir que o jornal preparava reportagem sobre "offshores" que Denucci e integrantes de sua família mantinham no exterior.

Outra reportagem mostrou que o ministro da Guido Mantega (Fazenda) foi informado sobre as suspeitas de irregularidades há alguns meses.

A indicação de Denucci para o cargo também é controversa. Mantega diz que os padrinhos do ex-titular da Casa da Moeda são deputados do PTB.

Já o presidente nacional da legenda, Roberto Jefferson, diz que o partido apenas chancelou a indicação feita pelo ministro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CASSILÂNDIA
Polícia Civil recupera 35 cabeças de gado furtadas de fazenda em Cassilândia
AGENDA
Governo lança campanha de prevenção a crimes sexuais contra crianças e adolescentes
RIO VERDE
Polícia Civil prende suspeito de atropelamento que resultou na morte de passageira de motocicleta
ECONOMIA
Sistema de compras governamentais é atualizado