Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021

São Paulo espera ter Luis Fabiano para jogo contra o Ceará no dia 17

02 setembro 2011 - 13h10
São Paulo espera ter Luis Fabiano para jogo contra o Ceará no dia 17, segundo jornal

Uol

A longa espera pela reestreia de Luis Fabiano pelo São Paulo está perto do fim. De acordo com o jornal Lance, o atacante pode entrar em campo no próximo dia 17, quando a equipe paulista enfrenta o Ceará, no estádio do Morumbi, pelo Campeonato Brasileiro.

Caso a previsão se confirme, o camisa nove também poderia participar do clássico contra o Corinthians, quatro dias depois. No entanto, se o prazo otimista estimado pelo São Paulo não se confirmar, Luís Fabiano só deve ter chances de jogar no começo de outubro.

Segundo a publicação, se o atacante não encarar o Ceará, ele só jogaria em 2 de outubro contra o Flamengo. Além do clássico contra o Corinthians, o São Paulo encara o Botafogo antes do duelo contra os rubro-negros.

Como a partida diante da equipe alvinegra será no Engenhão, o São Paulo perderia a chance de faturar com patrocínios e com o grande público que deve comparecer ao Morumbi (seja contra o Ceará ou Flamengo).

Luís Fabiano deve ser liberado para treinar no campo na segunda-feira, com exercícios leves. De acordo com a previsão do São Paulo, espera-se que o atacante leve duas semanas para adquirir ritmo de jogo e reúna condições de participar de uma partida.

O camisa nove foi apresentado como reforço do São Paulo em março, em uma grande festa no estádio do Morumbi. Em maio, Luis Fabiano passou por uma operação no joelho. Quando se preparava para voltar aos gramados, ele foi obrigado a esperar um pouco mais: houve a necessidade de uma cirurgia plástica para corrigir a cicatrização no local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende dois homens com R$ 700 reais em notas falsas
SAÚDE
Fiocruz investiga transmissão da covid-19 entre crianças e adultos
NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende homem por tráfico de drogas
ESTADO
Segurança Pública do MS ganha com a formação de mais 224 escrivães e investigadores da PC