Menu
Busca segunda, 18 de outubro de 2021

Sebrae vence pela quarta vez prêmio na categoria Educação

Sebrae vence pela quarta vez prêmio na categoria Educação

08 dezembro 2011 - 18h15Por Assessoria
O Sebrae pela quarta vez consecutiva vence o prêmio Época Negócios 100 – As empresas de Maior Prestígio do Brasil, na categoria Educação. A instituição competiu com nomes de referência no ensino nacional como a Fundação Getúlio Vargas, a Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) e a Universidade de São Paulo (USP).

O diretor-técnico do Sebrae, Carlos Alberto dos Santos, que recebeu o prêmio na noite de quarta-feira (7), em São Paulo, lembrou do esforço contínuo do Sistema no desenvolvimento de projetos que envolvem a formação para o empreendedorismo. “A educação empreendedora no Brasil requer desafios novos, de como disseminar as novas tecnologias, de levar este ensino de forma mais dinâmica para toda a sociedade”, ressaltou. Em 2011, o Sebrae já realizou mais de 1 milhão de atendimentos.

A festa de premiação aconteceu no Jockey Club de São Paulo e participaram presidentes e representantes de grandes empresas do Brasil. Segundo a gerente de Capacitação Empresarial do Sebrae, Mirela Malvestiti, o prêmio consolida um trabalho desenvolvido no último ano pelos colaboradores do Sistema Sebrae. “Há esforço conjunto em todos os estados para que a educação empreendedora chegue com qualidade às micro e pequenas empresas. O prêmio demonstra que o nosso cliente entende e reconhece este esforço”, afirmou.

Marcas

O Prêmio, iniciativa da revista Época Negócios em parceria com o grupo Troiano de Branding (do inglês, gestão de marcas), avaliou 249 marcas corporativas por meio de uma pesquisa com 15 mil consumidores do Brasil inteiro, consultados pela internet. Foram analisados os quesitos qualidade dos produtos ou serviços, confiança e ética, evolução da empresa, compromisso social e ambiental, postura inovadora, admiração e história.

Das 249 avaliadas, 100 foram premiadas como as de maior prestígio em 30 categorias. “Já se foi o tempo em que pensar em marca corporativa era como imaginar um nome no balcão. Cada vez mais o consumidor quer saber que marca está por trás de um produto”, disse Jaime Troiano, presidente do grupo Troiano de Branding, responsável pela pesquisa que gerou o resultado. A grande vencedora da noite foi a Nestlé, em primeiro lugar no ranking geral, seguida da Natura e da Petrobras. O Sebrae ocupou a 22ª posição.

Em seu discurso, o diretor-geral da Editora Globo, Frederic Kachar, falou sobre o momento pelo qual passa a economia mundial e lembrou das semelhanças com 2008, ano de criação do prêmio. “Precisamos manter a nossa atitude”, frisou.

Para o diretor Carlos Alberto dos Santos, os problemas serão enfrentados. “Temos no Brasil mais de 5 milhões de empreendedores, que respondem por essa geração imensa de empregos e 80% deles estão nas micro e pequenas empresas. Há dificuldades no horizonte, mas vamos enfrentá-las como em 2009. Naquele ano, o PIB (Produto Interno Bruto) não cresceu, porém foram gerados 1 milhão de empregos nas pequenas empresas”, lembrou.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TEMPO
Semana de redução das chuvas em Mato Grosso do Sul
SAÚDE
Pfizer entrega mais 1,3 milhão de doses de vacina ao Brasil
CULTURA
Festival da Literatura Indígena terá palestras, oficinas e música
ECONOMIA
Crescem reclamações sobre cobranças indevidas de crédito consignado