Menu
Busca quinta, 02 de dezembro de 2021

Secadora de grãos acusada de causar problemas respiratórios é multada e fechada em MS

08 novembro 2011 - 22h46Por PMA
Uma cooperativa de secadora de grãos da cidade de Antônio João, a 402 km de Campo Grande, foi fechada e multada em R$ 50 mil, na tarde de segunda-feira (7), por causar poluição.

A Polícia Militar Ambiental (PMA) deslocou-se ao local após denúncias de moradores que relataram o lançamento de poeira que estava prejudicando a vizinhanças, inclusive causando problemas respiratórios em moradores, principalmente nas crianças.

No local a PMA observou que a cooperativa que está em um perímetro urbano, lançava a poeira por conta da falta de cortina arbórea, telas acrílicas de proteção e nebulizadores que evitam a poeira chegar às casas.

As atividades foram paralisadas e um prazo de 60 dias foi dado para que a cooperativa corrija os problemas. Duzentas toneladas de milho que estava nos silos foram apreendidas. Além de autuada administrativamente, a empresa foi multada em R$ 50 mil.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DEFESA DO CONSUMIDOR
Procon/MS autua empresas de comércio online por irregularidades durante a Black Friday
GERAL
Ministra: pecuária tem papel fundamental na agenda climática mundial
MEIO AMBIENTE
Imasul informa: Queima controlada na planície pantaneira continua proibida até o fim do ano
POLÍTICA
Presidente Bolsonaro assina filiação ao PL