Menu
Busca segunda, 21 de junho de 2021

Tapioca traz o Nordeste para Campo Grande, mas em versão sofisticada

Tapioca traz o Nordeste para Campo Grande, mas em versão sofisticada

14 maio 2012 - 14h00
Campograndenews


Tapioca para todos os gostos. O produto popular ganhou sofisticação em Campo Grande. Oferecendo de queijo minas a bacalhau e camarão, a Tapioca & Cia (Brasileira e Saudável) abre às portas em frente ao Belmar Fidalgo, na rua 13 de Junho.

A ideia, desde o nascimento, é a de ampliar o negócio como franquia, processo fruto do trabalho e da admiração pelo prato, da nutricionista Dalva Rodrigues, 37 anos.

A comida das barracas e das feirinhas veio para trás do balcão, mas tudo à vista do cliente. Quem aprecia, que se achegue. É só escolher os ingredientes e montar a própria tapioca, de acordo com o gosto. Os tamanhos variam de 12 a 20 cm.

Há também as sugestões da casa, de bacalhau com queijo minas, camarão com queijo parmesão, tomate seco com muçarela de búfala ou com rúcula.

“Agregamos valor ao produto de barraca”, afirma Dalva. A ideia veio a se concretizar a dois mil quilômetros de onde surgiu. Em 2010, a nutricionista foi a Salvador e depois de provar todos os sabores, voltou a Campo Grande com a vontade de quero mais.

Pensando em um fast food saudável, Dalva pesquisou e descobriu que no eixo Rio - São Paulo, a tapioca estava no auge, dando o que falar e que a coisa podia pegar em Mato Grosso do Sul.

O resultado da pesquisa foi o investimento, primeiro no Shopping 26 de Agosto e agora perto de um dos principais parques da cidade, o Belmar Fidalgo.

O gosto popular ganhou todo requinte criado pela nutricionista e a chefe de cozinha, profissional que antes trabalhava no restaurante do Bahamas Apart Hotel.

A massa é segredo, mas Dalva pode adiantar que é feita pelas próprias tapioqueiras. Para cada quantidade de fécula de mandioca, mililitros de água. E a receita ganhou toques regionais, para cair de vez no gosto sul-mato-grossense.

"Temos uma ficha técnica, com a quantidade certinha de tudo, caso a tapioquera falte, a receita é exatamente a mesma. Pode ser feita por outra que o gosto vai ser o mesmo", explica a nutricionista.

As opções não se restringem ao salgado. As tapiocas doces parecem ser um pecado. A mais pedida então, nem se fala: morango com chocolate. Mas não é só a calda de chocolate não, pedacinhos dentro dão todo o sabor.

Ainda tem doce de leite e beijinho feito com pedaços de coco frescos.

"Tem gente que diz que nem lá no Nordeste comeu tapioca tão boa", brinca Dalva.

E não é para menos, a massa é intermediária, nem tão grossa como no Nordeste, mas ganha uma crocância a mais. "A receita é segredo absoluto. Se quiser saber, tem que vir provar”, completa a nutricionista.

A Tapiocaria agora investe em delivery, resultado do sucesso que vem fazendo, Dalva conta que já foi entregar tapioca de guarda-chuva em dia de tempestade.

O horário de funcionamento da Tapioca & Cia é das 14h às 21h30, de domingo a domingo. A tapiocaria está na internet http://tapiocaeciams.com.br/.

Deixe seu Comentário

Leia Também

PONTA PORÃ
Camionete roubada em Brasília é apreendida pelo DOF
OPORTUNIDADE
Processo Seletivo para contratação de Analista de Medidas Socioeducativas está com inscrições aberta
INVESTIGAÇÃO
Polícia descarta latrocínio e investiga morte de mulher em Dourados por execução
LAGUNA CARAPÃ
Homem que seguia para Campinas com mais de 70 quilos de maconha foi preso pelo DOF