sábado, 24 de fevereiro de 2024

TJ-MS rejeita pedido de candidata indígena aprovada em concurso público

TJ-MS rejeita pedido de candidata indígena aprovada em concurso público

04 maio 2012 - 23h07
Campograndenews

O Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS) rejeitou pedido de uma candidata aprovada em concurso público do Estado, no qual ela afirmava que estava dentro das vagas reservadas a indígenas e deveria ser nomeada, conforme edital.

A candidata foi aprovada e classificada em 6º lugar para as vagas reservadas aos indígenas em um concurso da Secretaria de Estado de Educação do Mato Grosso do Sul (SED-MS). O pedido alegava que 16 vagas, ou 3% delas, era a reserva prevista pelo edital do concurso.

Ela pleiteava uma vaga para ao cargo de Agente de Atividades Educacionais na Aldeia Buriti, em Dois Irmãos do Buriti. Na cidade, havia apenas duas vagas, uma para Agente de Limpeza e outra para Agente de Merenda.

O relator do processo, desembargador Paschoal Carmello Leandro, teve interpretação diferente e apontou no edital um critério de regionalização para os interessados em participar do concurso público, entendendo assim que não houve ofensa ao direito da candidata.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DOURADINA

Corpo de idoso é encontrado em decomposição

PARAGUAI

Polícia paraguaia identifica morto durante confronto com grupo de 'Macho'

EDUCAÇÃO

Com a agenda cheia, governador acompanha volta às aulas de perto no interior de MS

GERAL

Mega-Sena pode pagar hoje prêmio de R$ 110 milhões