terça, 27 de fevereiro de 2024

Vaticano prende suspeito de vazar documentos confidenciais

Vaticano prende suspeito de vazar documentos confidenciais

25 maio 2012 - 14h26
Midiamax

O Vaticano anunciou nesta sexta-feira a prisão de um homem suspeito de envolvimento em um escândalo de vazamento de documentos secretos. A agência Ansa afirmou que o suspeito é Paolo Gabriele, “ajudante de quarto” do papa Bento 16, uma informação não confirmada oficialmente.

O porta-voz do Vaticano, reverendo Federico Lombardi, se recusou a dar detalhes sobre o suspeito, informando apenas não se tratar de um padre. Ele estaria em posse de documentos confidenciais.

O Vaticano está no centro de um escândalo envolvendo o vazamento de documentos para a mídia italiana, alguns deles cartas pessoais para o papa Bento 16.

Alguns documentos envolviam acusações de corrupção, mau gerenciamento e nepotismo, além de desacordos internos sobre o gerenciamento do Banco do Vaticano.

O papa, que disse estar chocado e entristecido com os vazamentos, exigiu diversas investigações, incluindo uma comandada pela polícia do Vaticano e outra por uma comissão de cardeais.

O presidente do Banco do Vaticano, Ettore Gotti Tedeschi, foi destituído pelo conselho da instituição na quinta-feira.


Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

País tem quase 20 mil novos diagnósticos de câncer de pênis em 9 anos

CONSUMIDOR

Projeto proíbe comprar imóveis, carros e obras de arte com dinheiro vivo

SAÚDE

Brasil já registra metade dos casos de dengue contabilizados em 2023

GESTÃO PÚBLICA

Titular da pasta de parcerias estratégicas de MS recebe prêmio nacional de infraestrutura na B3