Menu
Busca sexta, 03 de julho de 2020
EDUCAÇÃO

Aulas da Rede Estadual pela TV aberta ampliam acesso e ganham aprovação de quem usa a ferramenta

29 maio 2020 - 09h00Por Portal do MS

As aulas transmitidas pela TV Aberta, desde o último dia 25 de maio, seguem beneficiando estudantes da Rede Estadual de Ensino (REE). Desde o dia 23 de março em aulas remotas, os 210 mil alunos das 365 unidades escolares da REE já contaram com diversas ferramentas para os estudos e, agora, colocam em prática a organização para utilizar todos os instrumentos apresentados nesses dois meses de atividades não presenciais.

As aulas remotas vinculantes se estenderão, a princípio, até o final do mês de junho, conforme publicação do Governo do Estado, no Diário Oficial do Estado (DOE), no dia 15 de maio, onde decreto prorrogou a suspensão das atividades presenciais na Rede Estadual, até o dia 30 de junho. Com isso, muitos já se ambientaram à nova rotina de estudos, que deve se estender ainda durante o próximo mês.

Juraci Florêncio Costa, auxiliando a filha Brenda, durante atividades de aulas televisivas

Exemplo dessa nova rotina pode ser visto na casa da estudante Brenda Florêncio Oliveira Costa. A mãe, contabilista Juraci Florêncio da Silva Oliveira Costa, inicialmente teve dúvidas quanto ao aprendizado da filha. “Aos poucos, percebi que a Brenda está bastante interessada nos conteúdos, a questionei sobre o aprendizado e a resposta foi positiva e mencionou que estava gostando”, disse.

“É um momento inesperado e atípico. Precisamos nos reinventar e achar alternativas para continuarmos. A saída é estudar em casa? Então vamos estudar em casa! Como mãe fico tranquila, pois sei que tem um material de apoio muito bom, disponibilizado pela SED. Às vezes paro para assistir alguma aula e vejo que é altamente explicativo. Super aprovado!”, enfatizou Juraci, que além de Brenda, é mãe do acadêmico Vinicius, que estudou na REE e hoje cursa Direito na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

Aos 16 anos e cursando o Ensino Médio na Escola Estadual Emygdio Campos Widal, de Campo Grande, Brenda é a autora de sua história. Ela está entre os cerca de 10 mil estudantes que fazem parte do Ensino em Tempo Integral, através do programa “Escola da Autoria” em Mato Grosso do Sul.

Voluntária acolhedora, líder de classe, estudante Brenda aprovou reforço das aulas em TV aberta

A jovem continua com as mesmas demandas quando ainda estava frequentando as aulas presenciais. Voluntária acolhedora e líder de classe, ela prossegue fazendo a ponte entre estudantes e direção e coordenação escolar. “A demanda de recados aumentou. Devido ao afastamento e as novidades, é necessária insistência maior para que os colegas vejam as mensagens e façam o que é solicitado. Temos que ter um pouco mais de paciência, mas não fica sobrecarregado, pois somos dois líderes por turma”, mencionou.

Brenda lembra que a presença do professor ainda fez falta, mas destaca a interação com a escola. “Agora que estamos tendo aula tanto pela TV aberta, quanto online, está facilitando o acesso e o aprendizado. Depois do recesso, recebemos o nosso e-mail institucional, que tornou tudo mais fácil, temos aulas ao vivo com os nossos professores, além das gravadas que podemos assistir depois, o Classroom ficou mais organizado porque não precisamos ficar logando as salas, além de ter uma boa interação com a escola com todos recados e informações repassados, está bem melhor”, salientou.

A estudante lembra da dificuldade de adquirir uma rotina de estudo com distanciamento. “Mas com tudo isso, estimula o estudante a ser protagonista, dá uma liberdade maior focar em matérias que precisamos mais, por exemplo, os vestibulandos como eu, podem focar em matérias de maior dificuldade, ou que são mais pedidas nos vestibulares”, enfatizou Brenda.

TV Aberta

A novidade, no retorno das atividades remotas, após o recesso de 15 dias, foi mais uma ferramenta de suporte e reforço nas atividades remotas vinculantes. No dia 25 de maio, iniciaram as transmissões de aulas, entrevistas e suporte de recados da SED, aos estudantes, via sinal digital de TV aberta, por meio da Rede MS Integração de Rádio e Televisão LTDA (TV Record).

A Secretaria de Estado de Educação, juntamente com a Assomasul e Undime/MS, já estão em tratativa para trabalho de regime de cooperação para que os estudantes da Rede Municipal de Ensino também possam utilizar das aulas em TV aberta.

“As aulas televisionadas não irão substituir em nada o que já vem sendo realizado pelos professores da Rede Estadual de Ensino. É apenas um suporte a mais, um reforço para ser explorado. Outro aspecto é direcionado aos pais, quanto as rotinas de estudos dos estudantes, as videoaulas, serão passadas e reprisadas em todos períodos para que contemple o horário dos responsáveis para auxiliar os estudantes”, lembra superintendente de Políticas educacionais Hélio Daher.

Outra novidade, de acordo com superintendente de Informação e Tecnologia Paulo Cezar Rodrigues, é a parceria da SED com Google Inc., que possibilitou a criação de contas para todos os estudantes e professores da Rede Estadual, a fim de incentivar o uso de ferramentas como o Google Classroom, um dos aplicativos que fazem parte do GSuite for Education. Para facilitar a ambientação, foram criadas duas páginas, com informações básicas para os primeiros acessos às contas Google às salas do Google sala de aula.

Clique aqui e acesse a página das Aulas na TV Aberta.

Live

Para sanar as dúvidas tecnológicas e pedagógicas, a SED realiza, durante toda segunda-feira, das 15h às 16h, no canal da rede social (facebook) do Governo de MS, uma Live, com a participação de especialistas que respondem os questionamentos de toda comunidade escolar de Mato Grosso do Sul.

Deixe seu Comentário

Leia Também

50 ANOS
Corpo de Bombeiros Militar atinge marca histórica com desafios e luta contra a Covid-19 em MS
SAÚDE
Mato Grosso do Sul já tem mais de 100 mortos pelo novo coronavírus
NOTÍCIAS
Polícia Militar Ambiental fiscaliza 8 embarcações, apreende 1.000 metros de redes de pesca e solta 8 kg de peixes e uma tartaruga dos petrechos ilegais
BRASIL
Congresso promulga emenda que adia eleições municipais para