Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021

Brasileiros e paraguaios querem “primavera sem dengue”

10 setembro 2011 - 09h40
Brasileiros e paraguaios querem “primavera sem dengue”

Divulgação (TP)

As autoridades de saúde de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero estão unidas no trabalho de prevenção à dengue. A primeira ação será um mutirão envolvendo as duas comunidades. O objetivo será conscientizar os moradores para a necessidade de evitar a proliferação do mosquito aedes aegypti, o transmissor da dengue.

Nesta semana, houve uma reunião para definir o que será realizado no mutirão marcado para os dias 21 e 22 de setembro. “Vamos priorizar os locais em que estão altos os índices de infestação do mosquito. Em Ponta Porã vamos começar pela área central,. Que exige atenção especial, e, depois, nos bairros”, explicou o secretário municipal de saúde, Josué Lopes.

Para o representante do Ministério da Saúde do Paraguai em Pedro Juan Caballero, Dr. Ruben Medina, o mutirão é uma arma poderosa na prevenção à dengue: “temos uma experiência bem sucedida em Pedro Juan Caballero. No último mutirão tivemos um caso específico. No bairro em que a incidência de criadouros do mosquito chegou a 19%, foi possível baixar para próximo de zero”, relatou. “Acredito que vamos conseguir bons resultados com este mutirão binacional”, acrescentou.

A meta é evitar a dengue nesta primavera, quando se inicia a temporada de chuvas. “Queremos chegar a outubro com baixa incidência. Se possível, zerar o índice de infestação do mosquito transmissor da doença”, afirmou o secretário Josué Lopes. “Vamos trabalhar firmes para eliminar o Maximo possível de criadouros do mosquito transmissor da dengue”, completou.

“A tática é convencer o maior número possível de pessoas neste trabalho. Se cada um conseguir convencer pelo menos três pessoas, já valeu a pena”, declarou o Dr. Ruben Medina.

O mutirão vai reunir os profissionais que trabalham no setor de saúde e também outras instituições como o Exército e várias secretarias municipais, além de igrejas, escolas, faculdades, clubes de serviço e entidades de classe.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende dois homens com R$ 700 reais em notas falsas
SAÚDE
Fiocruz investiga transmissão da covid-19 entre crianças e adultos
NOVA ANDRADINA
Polícia Militar prende homem por tráfico de drogas
ESTADO
Segurança Pública do MS ganha com a formação de mais 224 escrivães e investigadores da PC