Menu
Busca domingo, 13 de outubro de 2019
FRONTEIRA

Campeiro é preso suspeito de degolar douradense em fazenda

23 julho 2019 - 08h15Por Dourados News

Um campeiro de 31 anos foi preso na tarde desta segunda-feira, dia 22 de julho, por policiais civis de Porto Murtinho, cidade localizada na região de fronteira com o Paraguai. Ele é um dos suspeitos de matar o corretor de imóveis douradense Pedro Batista dos Santos Neto, de 44 anos, que também é irmão do delegado aposentado Sebastião Auro.

Conforme as informações da Polícia Civil, dois homens são suspeitos pelo assassinato, mas apenas um foi preso em flagrante. O outro suspeito ainda não foi localizado pelos policiais, que continuam fazendo diligências na região.

Segundo o site Midiamax, o local onde aconteceu o crime fica distante da área urbana de Porto Murtinho, o que pode ter facilitado a fuga do segundo envolvido no crime.

Não há informações do que teria motivado o crime. Pedro Batista foi morto degolado na sede da fazenda da família que ele estava tomando conta, na noite deste domingo (21). Testemunhas já estão sendo ouvidas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Evento em Brasília incentiva jovens a serem cidadãos globais
POLÍTICA
Bolsonaro destaca ações do governo em outubro
Economia
Competição entre bancos reduz juros do crédito imobiliário
SAÚDE
Concorrência pode reduzir custo de medicamentos biológicos