Menu
Busca sexta, 15 de novembro de 2019
DOURADOS

Clima fica tenso com índios presos em confrontos às margens da Perimetral Norte

13 outubro 2019 - 13h00Por Dourados News

O clima ficou ainda mais tenso na área de invasões às margens da Perimetral Norte neste final de semana. Às 11h30 de sábado (12), o índio Ezequiel Gonçalves Canteiro, de 21 anos, foi preso acusado de lesão corporal e ameaça. Quatro seguranças particulares de uma propriedade da região, com idades de 36, 37, 34 e 21 anos, figuram como vítimas.

O Dourados News apurou que equipe da Força Tática foi acionada para conter conflito entre indígenas e produtores. Um dos proprietários de uma área, de 49 anos, relatou que índios tentaram a invasão, mas foi possível deter Ezequiel, que estava ferido na perna, aparentemente por disparo de arma de fogo.

Com ele havia um simulacro de espingarda, feito com cabo de madeira e cano na ponta. Ele foi detido, encaminhado a um hospital e autuado por lesão corporal dolosa e ameaça. Mas essa ocorrência iniciada no final da manhã só foi concluída depois das 20h.

Isso porque, após a prisão de Ezequiel, no começo da tarde também foi presa Rosileiva da Silva de 37 anos, e apreendido um sobrinho dela, de 12 anos. Ambos foram autuados por tentativa de homicídio, tentativa de incêndio e tortura. Nessa ocorrência, figuram como vítimas policiais militares atacados por grupo de índios que portavam facas, facões, foices, enxadas e coquetel incendiário.

Os militares informaram que foram atacados porque prenderam Ezequiel. Até mesmo uma equipe da Tropa de Choque da Polícia Militar de Campo Grande foi deslocada para a área de conflito em Dourados.

 

Deixe seu Comentário

Leia Também

ASSEMBLEIA
Semana Estadual dos Direitos Humanos pode ser criada em MS
FERIADO
Coleta de lixo será suspensa no dia da Proclamação da República
ESPORTES
Fluminense tem seis decisões para escapar do rebaixamento
Tricolor ainda não sabe quem substituirá goleiro Muriel
CINEMA
Fernanda Montenegro descarta papel no filme 'Animais Fantásticos'