Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021

Cotas para negros e indígenas são tema de seminário na UEMS em Dourados

Cotas para negros e indígenas são tema de seminário na UEMS em Dourados

30 novembro 2012 - 00h00Por Fonte: UEMS
Nesta sexta-feira (30), a Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) promove o I Seminário Estadual Sobre Ações Afirmativas, evento que realizará uma reflexão sobre os dez anos da implantação do sistema de cotas para negros e indígenas na UEMS.

O evento terá uma apresentação cultural pela manhã seguida da mesa de abertura com o tema “Dez anos de Ações Afirmativas na UEMS: Avaliação dos resultados das cotas para negros e indígenas” coordenada por Roseli Aparecida Stefanes Pacheco e integrada pelas professoras Maria José de Jesus Alves Cordeiro e Beatriz dos Santos Landa, abordando as cotas para negros e indígenas respectivamente.

Às 9h45 haverá um intervalo para Coffee Break e as atividades retornam às 10 horas com depoimentos de cotistas, sendo dois egressos e dois cursistas negros e indígenas. As atividades da manhã serão concluídas com a abertura de debate. Pela tarde, às 13 horas, a programação volta com mais uma apresentação cultural e com a palestra “Caminhos para uma Educação Antirracista e Inclusiva na sala de aula”, ministrada pela professora Adir Casaro Nascimento da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Às 15h15 uma nova mesa redonda tratará do tema “Critérios de acesso à cota para negros e o ingresso via Sisu: fenótipo versus autodeclaração”. Esta mesa será coordenada por Suzana Arakaki e composta por Bartolina Ramalho Catanante e Silvane Aparecida de Freitas, todas da UEMS. A atividade de encerramento será às 16h20 com o coquetel de lançamento de livros.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO HÓRUS
Polícia Militar apreende mercadorias de descaminho
PANDEMIA
Saúde confirma mais 1.522 infectados pela Covid e casos ativos passam de 12 mil em MS
POLÍTICA
CPI da Pandemia vai pedir que PF apure ameaças recebidas por senadores
CORONAVÍRUS
Com novos lotes, Mato Grosso do Sul soma 1.199.010 doses recebidas da vacina contra COVID-19