Menu
Busca domingo, 16 de maio de 2021

Falta de defensores federais dificulta atendimento aos mais necessitados

07 dezembro 2012 - 00h00Por Fonte: Agencia Senado
A aprovação nesta quarta-feira (5) do PLC 116/2012, que cria 789 cargos de defensor público federal, contribui para reduzir o maior obstáculo da Defensoria Pública da União (DPU) na prestação de serviços à sociedade: o pequeno número de defensores para a grande quantidade de atendimentos realizados no Poder Judiciário da União.

Criada em 1994, a DPU presta serviços de advocacia gratuita nas justiças Federal, Eleitoral, do Trabalho e Militar, além de atuar nos tribunais superiores. Os defensores atendem a quem necessita da gratuidade para exercer o seu direito de pedir ou de defesa e também agem como fiscais dos direitos fundamentais, do devido processo legal e da ampla defesa dos necessitados. A DPU tem atuação relevante em ações civis públicas que envolvam direitos humanos, portadores de necessidades especiais, consumidores, indígenas e quilombolas.

Os defensores federais gozam de independência funcional no desempenho de suas atribuições, inamovibilidade, irredutibilidade de vencimentos e estabilidade, sentando-se no mesmo plano do Ministério Público. Da mesma forma que os juízes e promotores, também se exige dos candidatos a defensor público federal experiência profissional mínima na área do Direito e aprovação em concurso de provas e títulos.

O último concurso para a carreira foi realizado em outubro de 2010. O quadro atual, de 477 defensores, é considerado muito inferior à demanda. Em decorrência disso, em certos casos, como nas ações que envolvem o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS), os defensores estaduais acabam atuando também na esfera federal.

Em junho e julho de 2012, os defensores federais promoveram paralisações e operações-padrão em protesto contra a sobrecarga de trabalho e as condições funcionais abaixo do ideal. Além disso, segundo dados da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais (Anadef), a DPU está presente em apenas 52 das 214 localidades que deveriam contar com o serviço.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Covid-19: país tem 15,5 milhões de casos acumulados e 434,7 mil mortes
TECNOLOGIA
Começa a valer hoje nova política de privacidade do WhatsApp
MEIO AMBIENTE
Polícia Militar Ambiental de Bonito captura seriema com perna quebrada
AGEPEN
Por intermédio da Agepen, primeira certidão de nascimento digital de preso indígena é emitida em MS