Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021

Organização para a Interdição das Armas Químicas se reúne na Holanda

27 setembro 2013 - 00h00
A Organização para a Interdição das Armas Químicas (Oiaq) anunciou que se vai reunir hoje (27) à noite, em Haia, capital holandesa, para discutir a destruição do arsenal químico da Síria, parte do acordo diplomático que evitou uma intervenção militar no país.

“A reunião do conselho executivo, em que deve ser discutida a decisão sobre a eliminação das armas químicas na Síria, será realizada às 22h (21h em Lisboa), na sede da Oiaq em Haia”, informou a organização em comunicado.

Na noite de ontem (26), a Rússia e os Estados Unidos chegaram a acordo sobre um texto que trata da destruição de armas químicas no governo do presidente Bashar Al Assad.

O projeto de resolução prevê a possibilidade de o Conselho de Segurança das Nações Unidas (ONU) se pronunciar sobre a adoção de sanções contra o regime sírio se o plano de desarmamento químico não for respeitado.

A Oiaq deverá dar "sinal verde" ao acordo feito no último dia 14 em Genebra por russos e norte-americanos, antes de uma votação do projeto de resolução na ONU.

Os ministros dos Estados Unidos, da França, do Reino Unido, da China e Rússia devem se reunir hoje à tarde, em Nova Iorque, com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, e com o seu mediador na Síria, Lakhdar Brahimi.

-Agencia Brasil

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORPO DE BOMBEIROS
Mais 100 bombeiros são enviados para combate aos incêndios no Pantanal
DEFESA DO CONSUMIDOR
Procon-MS divulga nova pesquisa de variação de preços dos produtos da Cesta Básica
POLÍTICA
Instalada comissão da Câmara que vai analisar PEC dos precatórios
SAÚDE
Governador volta a reforçar a importância de todos se vacinarem