sexta, 12 de agosto de 2022
Cassems - Todos - Agosto 2022
SAÚDE

Em parcerias, Estado faz dia 'D' da vacina e lança ações da saúde, sábado em Ponta Porã

10 dezembro 2021 - 08h00Por SESMS

O município de Ponta Porã vai viver um dia intenso de ações na área de saúde, no próximo sábado (11). A agenda inclui o lançamento do Dia “D” da campanha de imunização com a dose de reforço da vacina da Janssen, entrega de equipamento e anúncio da construção da nova ala de enfermaria com 30 leitos no Hospital Regional “Dr. José de Simone Netto”. As ações ocorrem por meio de parcerias entre o Estado, União e Prefeitura.

Segundo o secretário estadual de Saúde Geraldo Resende, Ponta Porã foi escolhida para abrir oficialmente a imunização nos treze municípios do Estado da região de fronteira e nos outros sessenta e seis municípios que receberam as doses do imunizante da Janssen.

O evento acontecerá a partir das 9h00 no Centro de Convenções Baltazar Saldanha e contará com a presença do secretário estadual de Saúde Geraldo Resende e da secretária extraordinária de Enfrentamento à Covid-19 do Ministério da Saúde Rosana Leite de Melo, além do vice-prefeito Eduardo Campos, secretário municipal de Saúde Patrick Derzi, vereadores e outras autoridades locais e regionais.

Na sequência, às 11h00, o secretário Geraldo Resende fará o lançamento da obra de ampliação do Hospital Regional “Dr. José de Simone Netto”, que consistirá na construção de uma ala que vai abrigar uma nova enfermaria, com capacidade para 30 leitos. Também fará a entrega de um moderno arco cirúrgico.

Vacinas

Mato Grosso do Sul recebeu do Ministério da Saúde, na quarta-feira (8), 200.200 doses de vacina da Janssen, que serão utilizadas como D2 (segunda dose, ou de reforço). A expectativa é que nos próximos dias cheguem mais 37.061 unidades, para que todos os sul-mato-grossenses que tomaram a primeira dose possam completar seu ciclo vacinal.

Para essa nova etapa de vacinação, Ponta Porã, um dos municípios que integram a fronteira, recebeu 39.020 doses e Corumbá foi contemplada com 26.400. Fora da lista dos 13 municípios da fronteira, Campo Grande recebeu 33.240 unidades; Dourados, 10.095; e Três Lagoas, 6.095.

“Considerando esta nova variante, a Ômicron, é importante que todos os sul-mato-grossenses completem o seu esquema vacinal para que nós continuemos despontando como um dos Estados onde as pessoas valorizam suas vidas e a de seus semelhantes e que poderá, em breve, comemorar a vitória final contra esse mal terrível, que é o coronavírus”, destaca Geraldo Resende.

Construção e equipamentos

A nova ala do Hospital Regional de Ponta Porã vai demandar um investimento de R$ 2.398.812,78 e consistirá na construção de mais 534,75 metros quadrados, com sete enfermarias para quatro leitos cada uma, enfermaria de isolamento, posto de enfermagem, sala de exames, depósito de materiais de limpeza e rouparia, copa para funcionários, sala de TI (Tecnologia da Informação), sala de utilidades, além de banheiros.

Além do arco cirúrgico, o governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Saúde (SES) está efetuando a compra de nova aparelhagem para o Hospital Regional, com investimentos de R$ 7.755.597,00. Já foram entregues para a unidade, entre outros, os seguintes equipamentos: sistema de videoendoscopia flexível, lavadora termodesinfectora, berço aquecido, carro de curativos, mesa de cabeceira com refeição acoplada e cama hospitalar elétrica.

Em processo de aquisição, estão, entre outros: aparelho de Raio-X móvel, foto-refletor ambulatorial, cadeira de banho/higiênica, aparelho de Raio-X móvel, três esfigmomanômetros, berço para recém-nascido com fototerapia reversa, aparelho de anestesia com monitor multiparâmetros, marca-passo cardíaco externo, carro-maca avançado, mesa de exames, oxímetro de pulso e carro de emergência.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA

Produção de motocicletas tem melhor acumulado para julho desde 2015

SAÚDE

Anvisa analisa cinco pedidos para diagnóstico da varíola dos macacos

ECONOMIA

Conab estima safra de grãos em 271,4 milhões de toneladas em 2021/22

ECONOMIA

Pesquisa indica queda de 2% no abate de frangos no país