Menu
Busca sábado, 08 de maio de 2021

Resgate de bens poderá ser parcelado

27 dezembro 2012 - 08h29Por Folha Press


A Caixa Econômica Federal agora aceita o parcelamento do pagamento do resgate de bens penhorados.

São aceitos como garantia dessa modalidade de empréstimo metais nobres, diamantes, joias, canetas, relógios e prataria. A Caixa concede créditos a partir de R$ 50.

Com a nova forma de pagamento, o valor do penhor pode ser pago em parcelas com valor mínimo de R$ 50 e taxa de juros de 1,7% ao mês. O valor do empréstimo pode ser dividido de duas a seis parcelas.

Atualmente, a quitação do empréstimo era feita somente em uma parcela única. O pagamento pode ser feito em até 180 dias, e pode ser renovado a qualquer tempo. A taxa é de 1,50% ao mês.

Saldo
Até novembro deste ano, a Caixa já recebeu R$ 8 bilhões em aplicações penhoradas, o que representa um valor 26% maior ao mesmo período de 2011.

O recorde mensal do penhor da Caixa foi batido em outubro, quando o banco recebeu R$ 942,9 milhões em aplicações.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da vacinação contra influenza começa na próxima semana
CRIME AMBIENTAL
PMA de Bonito e Iagro autuam dono de chácara em R$ 2,6 mil por criação ilegal de javalis
SAÚDE
Pesquisa revela que 1,3 mil municípios ficaram sem segunda dose
Número representa 45% das prefeituras que responderam à sondagem
MS
Ex-marido acusado de feminicídio vai a júri popular