Menu
Busca sábado, 25 de setembro de 2021

Restrições impedem nova companhia de operar em Dourados

23 setembro 2013 - 00h00
A Passaredo Linhas Aéreas solicitou à Anac (Agência Nacional de Aviação Civil) em julho, permissão para operar com três novos voos diários em Dourados, mas até o momento, restrições impediram a realização das novas rotas.

A previsão, segundo pedido inicial junto a agência, era de começar em agosto, contudo, o prazo foi prorrogado para outubro.

O primeiro pedido foi realizado no dia 3 de julho, mas, a restrição por parte de administração aeroportuária (Campo Grande ou Guarulhos) fez com que a Hotran (lista com pedidos de voo da Anac) modificasse a data de inicio de seus voos para outubro.

De acordo com o diretor do departamento aeroportuário de Dourados, Juliano de Almeida, o principal impasse é que a Passaredo fez o pedido apenas para a Anac, mas não para a administração do aeroporto ou na prefeitura. “Como a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária) não administra o aeroporto, e sim a prefeitura, é necessário que a empresa entre em contato com a administração do município”.

Consta também no relatório outras duas restrições, “a primeira é quanto à segurança, pois quando o pedido for feito para a administração municipal os horários dos bombeiros também serão alterados, pois os bombeiros precisam estar presentes nos pousos e decolagens. A segunda restrição é quanto a consolidação que é feita com a Anac e a empresa”, explicou o diretor.

Com a chegada da nova companhia, Dourados contará com cinco linhas e três destinos diferentes de conexão com o resto do país.

-Dourados News

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
CNC: comércio terá a melhor contratação de temporários desde 2013
MEIO AMBIENTE
Estado já tem 1.688 barragens regularizadas junto ao Imasul, maioria de pequeno porte
POLÍCIA
Homem é preso em flagrante por policiais civis suspeito de tentar estuprar a própria sobrinha
SAÚDE
ANS: cai ocupação de leitos de UTI para atendimento à covid-19