Menu
Busca segunda, 10 de maio de 2021

Os dois funcionários do empresário vieram a falecer no Hospital de Pedro Juan

Os dois funcionários do empresário vieram a falecer no Hospital de Pedro Juan

10 dezembro 2012 - 09h05
Divulgação (TP)

Fotos; Capitanbado.com

Sábado, dia 08, por volta das 16h45min em pleno centro da cidade de Pedro Juan Caballero, mais precisamente na Rua Collon esquina com Antonio Carlos Lopez, Paraguai, aconteceu mais um violento atentado.

Quatro pistoleiros a bordo de uma Ford Ranger de cor branca, placas BCJ 882 com a logomarca da empresa de telefonia Personal colado na porta, interceptaram o veículo Mitsubishi Montero, com placas GV 0055, da cidade de Ribeirão Preto interior de São Paulo e disparam mais de 50 tiros de fuzil AK 47.


Estavam a bordo do veículo Mitsubishi Montero o administrador de empresas Wagner Alcántara, brasileiro 50 anos de idade; Ramón Ignacio Candia, de 45 e Elvio Édgar Fernández, de 31, sendo estes dois últimos de nacionalidade paraguaia.

No momento do atentado os dois paraguaios foram feridos e socorridos a uma unidade de saúde de Pedro Juan; o brasileiro sofreu escoriações leve e não necessitou de internamento médico.

Os pistoleiros ao tentar fugir bateram com o veículo que estavam em uma árvore, momento em que eles desceram do carro e tomaram de assalto um outro veículo que passava pelo local, fugindo tomando como rumo a cidade de Ponta Porã, lado brasileiro da fronteira.

Após o ocorrido chegou no local o senhor Miguel Quevedo, funcionário da empresa Personal, com outra caminhoneta com características similar a usada pelos pistoleiros e com a mesma numeração da placa, o que ficou comprovado na hora que o veículo usado no crime havia sido clonado para não despertar suspeitas no momento do crime.




Ramon Ignácio Candia Gimenez de 45 baleados no atentado, foi internado primeiramente na Clinica São Lucas e depois devido a gravidade dos ferimento iria ser encaminhado para Dourados, mas veio a falecer no momentos antes de ser transferido. Já Elvio Edgar Fernandes também faleceu no inicio da noite de sábado na mesma unidade hospitalar.

Informações passadas a imprensa pelas forças Policiais de Pedro Juan Caballero, são de que objetivo do atentado era contra a vida de Wagner Nascimento de Alcântara, que foi durante muitos anos administrador de empresas do empresário Luiz Henrique Georges, “Tulu”, assassinado em outubro passado na ave. Brasil centro de Ponta Porã.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DIA DO CAMPO
Infraestrutura amplia competitividade do agro que registra números positivos mesmo na pandemia
ECONOMIA
Banco Central abre consultas para saques e trocos via Pix
SAÚDE
Campanha de vacinação contra gripe termina 1ª fase com 8% imunizados
MAUS-TRATOS
PMA de Bonito autua em R$ 2 mil homem de 24 anos que carregou e matou cachorro do irmão por vingança