sexta, 19 de julho de 2024
PEDRO JUAN CABALLERO

Suspeito de assassinato de jornalista é detido em hospital na fronteira

09 julho 2024 - 18h00Por Dourados News

Procurado pelo assassinato do jornalista Pablo Medina e também de Antonia Almada,  em 2014, Gustavo Benítez Gadea, 29, foi detido nesta terça-feira (9/7) após dar entrada e ser internado no Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, cidade paraguaia na fronteira com o Brasil através de Ponta Porã.

Ele deu entrada no local após se envolver em um acidente de trânsito no Brasil.

O homem estava sendo procurado pela polícia pelo duplo homicídio do jornalista Pablo Medina e sua assistente Antonia Almada, ocorrido em 2014 na cidade de Villa Ygatimí, departamento de Canindeyú, além de outros assassinatos por encomenda.

Segundo as informações policiais, o suspeito chegou ao centro médico após sofrer um acidente de carro em Paranhos, se apresentando por outro nome.

O Comissário Richard Vera, um dos envolvidos na operação de detenção, revelou ao portal Última Hora que há meses seguiam os passos de Benítez, que tinha um mandado de prisão por ser considerado um dos assassinos contratados responsáveis pela morte do jornalista e sua assistente.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRABALHO, PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA

Projeto prevê possibilidade de trabalho remoto para mulheres em situação de violência doméstica

SAÚDE

Em menos de sete meses, Influenza já mata mais em MS do que todo o ano passado

CIDADE E TRANSPORTES

Projeto obriga seguradora a justificar exclusão de motorista de carga em perfil de risco

REGIÃO

Três irmãos são resgatados em situação de abandono em Ponta Porã