Menu
Busca domingo, 01 de agosto de 2021
Faculdade columbia - Matrículas abertas 2021
FÁTIMA DO SUL

Ação conjunta apreende drogas e recupera produtos furtados

24 junho 2021 - 12h00Por PC-MS

A Delegacia de Polícia Civil de Fátima do Sul, através de investigadores do Setor de Investigações Gerais e uma equipe de Força Tática da Polícia Militar do 14º Batalhão, prenderam na manhã de hoje (24) dois homens e uma mulher acusados de tráfico de drogas e receptação.

Por volta das 6h, em mais uma etapa da Operação Narcos Brasil, foi dado cumprimento a dois mandados de busca e apreensão expedidos pelo Juízo da Comarca de Fátima do Sul. Durante as diligências foram apreendidas 17 trouxinhas de crack que pesaram 17,9 gramas e 5 trouxinhas de maconha que pesaram 20,4 gramas.

Uma máquina de lavar objeto de furto no dia na terça-feira (22) foi recuperada em uma das casas. Também foi apreendida uma televisão marca AOC de 32 polegadas, um videogame marca Sony com controle, três bicicletas e quatro quadros de bicicleta, uma motosserra da marca Husqvarna, uma caixa para guardar joias com várias bijuterias dentro e duas varas de pescar com molinete para averiguação da procedência.

Os investigados foram autuados em flagrante pelo crime de tráfico de drogas, o qual possui uma pena de reclusão de 5 a 15 anos e pagamento de 500 a 1.500 dias-multa e receptação, o qual possui uma pena de reclusão, de um a quatro anos, e multa.

A Primeira Delegacia de Polícia de Fátima do Sul esclarece que informações e denúncias podem ser realizadas através dos telefones (67) 3467-1157 e (67) 9987-9092 – Whatsapp e que eventuais vítimas de furto dos objetos acima citados podem comparecer nesta Unidade Policial para reconhecimento e devolução.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Aneel: bandeira tarifária de agosto se manterá vermelha
BR-262
Homem morre ao ficar preso entre as ferragens após carro cair em valeta de rodovia no MS
POLÍCIA
Drone, drogas e celulares são apreendidos pelo DOF momentos antes de chegarem aos internos da PED
SAÚDE
Covid longa: pacientes 'recuperados' podem ter problemas de raciocínio e memória, aponta pesquisa