Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021

Acusado de esfaquear e atropelar esposa grávida é preso em hospital

25 novembro 2014 - 07h30Por CG News
Rodrigo de Jesus Quintas, 25 anos, foi preso na manhã de hoje no Hospital Regional em Nova Andradina. Ele estava sendo procurado pelos policiais por esfaquear e atropelar sua esposa, Joelma Regiane Calegari, 34, que estava grávida de seis meses. Após o crime, ele sofreu um acidente na rodovia e foi encaminhado para o hospital.


De acordo com o site Jornal da Nova, o crime ocorreu em Novo Horizonte do Sul - distante 329 km de Campo Grande, na noite de ontem e desde a madrugada Rodrigo estava sendo procurado pela Polícia Militar do município e pela Polícia Civil de Ivinhema. Após atropelar a mulher, ele fugou em um veículo Gol em alta velocidade.

Na madrugada, por volta das 2h30, a equipe do Samu 192 foi acionada para atendeu um acidente de trânsito na rotatória da MS-134. No local, um motociclista perdeu o controle da direção de uma motocicleta Honda/Twister e caiu. Ele foi socorrido e levado para o Hospital de Nova Andradina, onde foi reconhecido por uma enfermeira.

Uma das socorristas do Samu disse que “ele estava com forte odor etílico, agressivo e muito alucinado”, durante o trajeto até o hospital. O delegado Ricardo Cavagna, confeccionava o pedido de prisão preventiva do acusado, quando ao consultar no sistema policial descobriu que Rodrigo sofreu um acidente. Uma equipe da Polícia Civil de Ivinhema, juntamente com o delegado foram até a cidade e encaminharam o preso até a Delegacia de Polícia Civil de Ivinhema, onde foi autuado em flagrante.

Caso - Joelma e Rodrigo começaram a brigar na noite de ontem, na residência do casal e a confusão se entendeu para o lado de fora. Descontrolado, o rapaz foi até o seu carro, pegou uma faca e atingiu a vítima no pescoço.

Depois disso, Rodrigo entrou no veículo e saiu em alta velocidade, mas não satisfeito com a situação fez o retorno e ainda atropelou a mulher. Joelma foi socorrida pela pai, que mora na frente do imóvel da filha. A mulher foi encaminhada para o hospital municipal, mas não resistiu e morreu. A equipe médica tentou salvar o bebê, que também morreu.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
"Respiradores salvam vidas e essa é nossa meta", diz Neno Razuk em pedido de recursos para compra
CRIME AMBIENTAL
PMA autua pecuarista desmatamento dentro da Unidade de Conservação de Proteção Ambiental
BRASIL
Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%
CASSILÂNDIA
Polícia Militar tira de circulação mais um foragido da justiça