sexta, 21 de junho de 2024

Advogado é preso após atirar para o alto em rua, diz PM

05 setembro 2011 - 13h50
Segundo a polícia, advogado gritava dizendo que queria matar um juiz.
Suspeito foi atuado por porte ilegal de arma e desacato.


G1

Um advogado foi preso na noite de domingo (4) suspeito de desacato e porte ilegal de arma. Segundo o 6º BPM (Tijuca), ele foi preso depois de atirar para o alto na Rua Uruguai, na Tijuca, Zona Norte do Rio.

Os disparos assustaram moradores, que chamaram a polícia. Um general do Exército que mora na região ainda tentou conter o suspeito, mas foi ignorado. De acordo com a PM, o homem gritava pela rua, dizendo que queria matar um juiz. O suspeito, porém, não informou o nome do juiz.

Ao avistar os policiais, o advogado, que estava em uma bicicleta, tentou esconder sua arma, uma pistola. Ainda segundo a polícia, o advogado resistiu à prisão, mas foi detido pelos PMs. Ele foi levado para a delegacia, onde tentou se defender, alegando que a arma não era sua.

O caso foi registrado 19ª DP (Tijuca).

Deixe seu Comentário

Leia Também

VERDE/SUSTENTAVEL

Gretap: equipe do Governo de MS no Pantanal monitora áreas queimadas em busca de animais feridos

JUSTIÇA

Após voto de Toffoli, STF continua sem decisão sobre porte de maconha

GERAL

Sistema lucrativo sustenta desinformação científica nas redes sociais

DETRAN

Detran-MS inicia novo leilão com Honda CG 2023/24 e Kia Cerato em destaque