Menu
Busca terça, 20 de abril de 2021

Após artefato em local de posse, Reinaldo diz que não tolera ameaças

03 janeiro 2015 - 09h15Por G1 MS
Depois que um artefato foi encontrado no local de posse dos secretários nesta sexta-feira (2), o governador de Mato Grosso do Sul, Reinaldo Azambuja (PSDB), afirmou que não vai tolerar ameaças e que confia nas forças de segurança.

Em nota divulgada pela assessoria do governo do estado, o tucano declarou que acredita que o objeto, que parecia uma bomba, foi colocado no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo após o evento para criar um clima de tensão e insegurança na equipe de governo e naqueles que apoiam a administração.

“Ninguém vai nos intimidar. Se achar que aqui vai imperar um estado da baderna, não vai. Ninguém vai emparedar esse governo”, afirmou na nota.

Segundo o governador, a segurança pública será reforçada com remanescentes de concursos para a área, aumentando o número de policiais do Departamento de Operações de Fronteira (DOF) e da Polícia Militar (PM) e fazendo uso de patrulha eletrônica. Outra medida será a criação da diária remunerada para policiais.

“Eles me mandaram um recado e eu quero mandar um recado para eles também. Atentado é inaceitável em qualquer lugar. Não vamos aceitar isso. Vamos criar uma política de segurança pública para Mato Grosso do Sul”, disse.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Arrecadação de março superou as melhores expectativas, diz Guedes
COTAÇÃO
Dólar fecha em leve alta após mudanças no Orçamento
POLÍTICA
Câmara: plantio de maconha para fins medicinais tem parecer favorável
REGIÃO
Polícia Militar no Distrito do Boqueirão apreende 1,5kg de maconha