Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021

Assassinato de árbitro em campo de futebol pode ter sido por vingança

26 setembro 2011 - 17h10
Assassinato de árbitro em campo de futebol pode ter sido por vingança

Douradosnews

A Polícia Civil de Nova Andradina acredita que o assassinato do ex-policial militar Flavio Urbanjo, executado a tiros ontem à tarde enquanto apitava partida de futebol no distrito Nova Casa Verde, não está ligada a função dele no jogo.

O delegado responsável pelo caso, André Luiz Novelli Lopes, afirma que tudo indica que o atirador planejou o crime contra o árbitro e que os outros envolvidos, Alfredo Barreto, de 54 anos, que morreu a caminho do hospital, e Silvio Talasko, baleado na perna, só foram atingidos porque tentaram intervir.

“Chama atenção ter ocorrido em meio a um aglomerado de pessoas e pelos autores terem agido de cara limpa”, pontua Novelli, acrescentando que ainda não possui pistas sobre os autores.

Apenas um homem foi responsável pelos disparos, mas, ao fugir, saiu com outro numa motocicleta. Ainda conforme o delegado, a Polícia agora prioriza qualquer informação que possa levar a identificação dos autores.

De acordo com testemunha, a tragédia aconteceu no inicio do segundo jogo da tarde de ontem. Policiais militares faziam a segurança da partida, no entanto, foram acionados para atender uma ocorrência no distrito.

Sem a Polícia, o atirador disparou conta o árbitro e as duas vítimas e em seguida fugiu na motocicleta. Conforme informações do site Nova Notícias, um fotógrafo que assistia o jogo flagrou duas pessoas fugindo numa motocicleta em direção a Bataguassu pela BR-267 após matar o árbitro.

Deixe seu Comentário

Leia Também

DETRAN
Contran divulga novas regras para sistema de segurança de caminhões basculantes
SAÚDE
Brasil registra 1ª cirurgia contra diabetes tipo 2 feita com robô
ESPORTES
Brasil e México decidem vaga na final de Tóquio
PARANAÍBA
Polícia Militar recupera veículo furtado