Menu
Busca terça, 03 de agosto de 2021

Ator pornô acusado de crueldade contra animais paga fiança e é solto

Ator pornô acusado de crueldade contra animais paga fiança e é solto

12 outubro 2011 - 15h30
G1

Um ator pornô americano acusado de crueldade contra animais foi libertado da prisão domiciliar após pagar uma fiança de US$ 24 mil (pouco mais de R$ 4,2 mil). Raul Armenteros, de 46 anos, afirmou que a prisão havia começado a atrapalhar seu trabalho.

Ele havia sido preso em julho deste ano sob múltiplas acusações de crueldade contra animais depois de a polícia encontrar uma van de Armenteros carregada com cabras, galinhas, pombos e um pato ainda vivos sob sol forte em Miami. Uma das cabras morreu pouco após a chegada dos policiais.

O homem disse à polícia que os animais seriam usados em rituais religiosos de santeria, crença praticada por ele, mas os oficiais não consideraram o argumento suficiente para livrá-lo das acusações.

Armenteros é conhecido no ramo pornográfico em Miami pelos nomes de "Ramon" e "The Monster", e, segundo a reportagem no site da TV CBS Miami, ele seria um dos atores de mais destaque na cidade.

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍCIA
Polícia Militar apreende 61 kg de maconha em veículo furtado no estado de São Paulo
BRASIL
Vendas de automóveis têm queda de 8,4% em julho comparado a 2020
BRASILÂNDIA
Polícia Civil estoura entreposto de cigarros contrabandeados do Paraguai e prende casal
PROSSEGUIR
Riedel e Verruck explicam medidas para a retomada econômica e falam da geração de empregos