Menu
Busca quinta, 16 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
PONTA PORÃ

Com antecedentes por crime de homicídio, homem é preso pela Polícia Militar por violência doméstica

20 agosto 2021 - 11h30Por PM-MS

No início da madrugada desta sexta-feira (20/08), Policiais Militares foram acionados para atender uma ocorrência de violência doméstica ocorrida na área sul de Ponta Porã, onde o autor expulsou a vítima da residência e a mesma estava na rua, ligando para o telefone de emergência (190).

No local, os policiais localizaram a vítima (29) em uma estrada de chão próxima à sua residência. A mesma disse aos policiais que mora com seu convivente há aproximadamente 06 anos e a casa aonde vive era da genitora do autor a qual já é falecida.

Disse, também, que o autor (40) estava preso, condenado pelo crime de homicídio, sendo solto há algum tempo atrás.

Por volta da meia-noite, a vítima se deitou na cama e o autor, que já estava deitado, desferiu um chute e derrubou-a da cama. A mesma retornou à cama novamente e, outra vez, o autor lhe chutou com os dois pés, derrubando novamente a vítima e, em seguida, disse que a mesma fosse dormir na rua porque aquela era a casa dele.

Após tirar a vítima da residência, o autor fechou a porta evitando a entrada da mesma.

Conforme consta no boletim de ocorrência, a vítima disse que iria ligar para a polícia e o autor respondeu que: “poderia ligar até para o Papa que ali ninguém entrava e que não tinha medo de polícia”. A vítima afirmou que constantemente o autor ameaça a vítima dizendo que vai “quebrar” a mesma, vai jogar ela na rua e que a vítima não tem nada e que tudo ali é dele.

A vítima mostrou aos policiais uma TV que estava quebrada no quarto e informou que o autor havia quebrado com socos em dia anterior. Disse, também, que o autor possui uma espingarda de pressão na cozinha da casa.

Na residência, a equipe tentou dialogar com o autor, no entanto, ele estava bastante agressivo e dizia que ninguém iria entrar na casa dele e que sua convivente iria dormir na rua, pois a casa é dele.

Diante dos fatos, foi necessária a utilização de uso progressivo da força para conter o autor e encaminhá-lo ao Primeiro Distrito Policial, aonde foi entregue juntamente com a espingarda de pressão.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TURISMO
Fundtur dobra o valor para eventos geradores de fluxo turístico em todo o Mato Grosso do Sul
PONTA PORÃ
PM apreende mais de meia tonelada de maconha, um veículo e prende dois homens
LEGISLATIVO DE MS
Pautadas cinco propostas para votação na Ordem do Dia desta quinta-feira
POLÍCIA
Três são presos em Laguna Carapã em cumprimento a Mandados expedidos pela justiça em Campo Grande