Menu
Busca sexta, 23 de julho de 2021
Lançamento Village do Bosque
CRIME AMBIENTAL

Gerente de fazenda é autuado em R$ 5 mil por construção de ponte em estrada degradando áreas protegidas de córrego

21 outubro 2020 - 16h00Por PM-MS

Uma equipe de Policiais Militares Ambientais de Dourados recebeu denúncia de que o proprietário de uma fazenda, localizada próxima ao Distrito da PANA, no município de Nova Alvorada do Sul, a 66 km da cidade, teria construído uma ponte ilegalmente em que teria havido degradação de um córrego e suas áreas protegidas.

Uma equipe realizou fiscalização ontem (20) à tarde no local e confirmou a denúncia.  Foi verificada a construção há algum tempo de uma ponte de madeira sobre o córrego Rio Branco, com a alocação de terra para o aterro da obra, medindo 8 metros de largura por 160 metros de comprimento na área de preservação permanente do referido Córrego, degradado as matas ciliares (área de preservação permanente – APP).

Toda a área protegida afetada para a construção da ponte que ligava uma estrada da fazenda foi medida com GPS e perfez 1.280 metros quadrados. O administrador da fazenda assumiu a responsabilidade pela obra e informou que não havia licença ambiental. As atividades foram interditadas.

O gerente (29), residente em Nova Alvorada do Sul, foi autuado administrativamente e recebeu multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, cuja pena é de um a três anos de detenção. O autuado foi notificado a apresentar junto ao órgão ambiental um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA).

Deixe seu Comentário

Leia Também

EDUCAÇÃO
Estão abertas as inscrições para curso de idiomas na UEMS
PARANAÍBA
Homem tenta furtar em residência de idoso e acaba detido pela Polícia Militar
ECONOMIA
Governo ajudará a achar solução para perdas com geada em cafezais
REGIÃO
PMA autua dois turistas e um piloteiro de barco por crime de pescar em local proibido