terça, 21 de maio de 2024
POLÍCIA

Homem é preso após forjar o próprio sequestro e extorquir mais de R$ 12 mil da família

14 setembro 2022 - 11h30Por G1-MS

Um homem, de 32 anos, foi preso suspeito de simular o próprio sequestro para extorquir R$ 12,1 mil da mãe e da irmã, em Campo Grande (MS). A Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios (DEH) esclareceu que a suposta vítima tinha planejado tudo com traficantes para pegar dinheiro da família.

De acordo com a Polícia, o homem tinha saído de casa no dia 30 de julho deste ano para trabalhar e não retornou mais para casa, o que deixou a família apreensiva. Em contato com a família por telefone, ele afirmou que tinha sido sequestrado por traficantes que estavam cobrando uma dívida de drogas.

O homem afirmava que caso a dívida não fosse paga, ele seria morto, o que fez com que a mãe transferisse o valor solicitado. Segundo a Polícia, a mãe da vítima, de 66 anos, realizou uma transferências de R$ 5,1 mil.

Dias depois, o homem ligou para a própria irmã, solicitando R$ 7 mil, temendo que o irmão fosse assassinado, conforme dito por ele por ligação, ela efetuou o pagamento. Ao todo, a família da suposta vítima transferiu R$ 12,1 mil para o resgate via Pix.

Investigação

Após mais de 15 dias do suposto sequestro, o homem entrou novamente em contato com a família e afirmou que precisava de mais dinheiro. “Não vai falar que não tem dinheiro, porque se falar isso eles vão me matar. Não brinca, porque eu estou ruim aqui”, alegou o então sequestrado.  

A idosa procurou a delegacia e equipe da Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios reforçou as investigações. À polícia, a mãe relatou que 15 dias após a última transferência, o filho ligou e pediu mais R$ 13 mil, o que a motivou a procurar a delegacia.

Com isso, a Delegacia Especializada de Repressão aos Crimes de Homicídios começou a investigar o caso e descobriu nesta terça-feira (13) que era um golpe. O homem tinha forjado o próprio sequestro para tirar dinheiro dos familiares.

Os policiais foram até o suposto cativeiro e encontraram o homem e um traficante de 37 anos em um condomínio no bairro Mata do Jacinto. No local, os policiais apreenderam maconha e cocaína. Os dois foram autuados em flagrante por estelionato e tráfico de drogas.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

SES abre consulta pública para validação da Linha de Cuidado da Pessoa com Sobrepeso e Obesidade

TEMPO

Segunda-feira tem manhã mais fresca e tarde amena

MS

Semana de Combate ao Assédio e à Discriminação do TJMS inicia na próxima segunda (13)

GERAL

Pesquisadoras falam dos desafios de conciliar maternidade com estudos