sexta, 19 de julho de 2024

Homem paga R$ 1,8 mil em documento e vai preso

Homem paga R$ 1,8 mil em documento e vai preso

09 novembro 2015 - 09h15
A PRF (Polícia Rodoviária Federal) um homem de 28 anos que transitava com um veículo suspeito de ser “bob”. O fato ocorreu na tarde de sexta-feira (6) na BR-262, no Posto Guaicurus, no município de Miranda.

De acordo com as informações policiais, o flagrante ocorreu após agentes suspeitarem da autenticidade de Certificado de Licenciamento Anual de um GM/Vectra apresentado pelo motorista, pois não havia registro do pagamento nos sistemas nacionais de consulta.

O condutor foi levado à Polícia Federal em Campo Grande e narrou aos agentes que pagou R$ 1,8 mil pelo documento a um intermediário no estado de São Paulo.

A prisão é sequência de operações que a PRF vêm executando em toda fronteira para coibir crimes nas rodovias federais.

Veículo “bob”

Os veículos “bob” são aqueles que, por possuírem vários débitos ou execuções judiciais não podem ser negociados legalmente e são vendidos a preço muito abaixo do mercado, entretanto o crime associado ao uso de documento para “esquentar” a transação tem apuração e procedimento lavrado pela Polícia Federal, que poderá prender em flagrante o proprietário fraudador.

Deixe seu Comentário

Leia Também

TRABALHO, PREVIDÊNCIA E ASSISTÊNCIA

Projeto prevê possibilidade de trabalho remoto para mulheres em situação de violência doméstica

SAÚDE

Em menos de sete meses, Influenza já mata mais em MS do que todo o ano passado

CIDADE E TRANSPORTES

Projeto obriga seguradora a justificar exclusão de motorista de carga em perfil de risco

REGIÃO

Três irmãos são resgatados em situação de abandono em Ponta Porã