Menu
Busca quinta, 23 de setembro de 2021

Instalador de cerca elétrica é suspeito de invadir casas

Instalador de cerca elétrica é suspeito de invadir casas

26 setembro 2013 - 13h50
G1



Um instalador de cerca elétrica de Três Lagoas é suspeito de furtos à residências em que havia colocado o equipamento de segurança. A informação é da Polícia Civil.

De acordo com divulgado pela polícia, para cometer os crimes, o homem de 29 anos contava com ajuda de um rapaz de 25 anos. Somente em uma casa, de uma funcionária do Fórum do município, foram dois furtos. Ele foi interrogado nesta quarta-feira (25) e declarou, segundo informou a polícia, ser responsável por cinco, dos seis furtos em que é suspeito.

Conforme a Polícia Civil, ao instalar o equipamento, o funcionário de uma empresa de segurança observava os objetos que havia na casa, os horários em que o imóvel ficava sozinho, além de analisar de quais forma o alarme e cerca elétrica eram acionados para depois cometer os crimes.

No caso da residência da funcionária pública, enquanto instalava a cerca elétrica, ele furtou a chave do veículo da mulher. Dias depois, segundo a polícia, os dois suspeitos seguiram a trabalhadora até o Fórum e com a chave do carro dela, furtaram o automóvel que ela havia estacionado próximo ao órgão público.

Depois disso, o instalador o homem foi chamado novamente à casa da servidora, para que fossem colocados sensores de movimento. Antes de ligar os alarmes, segundo a polícia, ele invadiu a residência novamente e furtou vários objetos.
De acordo com a Polícia Civil, o automóvel da trabalhadora foi vendido pelo outro suspeito, em Araçatuba (São Paulo), por R$ 7 mil. O rapaz está preso em São José do Rio Preto (SP), onde é acusado de roubo.

Segundo a polícia, nos dois meses seguintes, os suspeitos fizeram outros três furtos à casas de clientes, agindo sempre da mesma maneira, e levaram notebooks, câmeras, televisores e aparelhos de som.

Como não está mais em situação de flagrante e não há mandado de prisão contra o instalador, ele vai responder aos casos em liberdade. A Polícia Civil acredita que haja mais vítimas e pede para que as pessoas que tiveram as casas furtadas, após a instalação de cercas elétricas, que entrem em contato com os policiais através dos número (67) 3521-2294 ou (67) 9652-2084.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Mato Grosso do Sul recebe mais 71.760 doses de vacina contra a Covid-19 nesta sexta-feira
DESENVOLVIMENTO
Primeiro do País a identificar potenciais hidrelétricos, MS é case de sucesso na busca por oferta de
TRÁFICO DE DROGAS
Polícia Militar apreende adolescente que transportava mais de 20 quilos de maconha
AGRO
Campanha quer conscientizar para produção de alimentos seguros e seus benefícios