Menu
Busca terça, 18 de maio de 2021

Jovem suspeito de promover orgia publicava fotos em rede social

26 agosto 2011 - 09h05
Jovem suspeito de promover orgia publicava fotos em rede social


G1 -MS

O adolescente que mora em uma casa onde eram promovidos encontros de jovens para consumo de drogas e prática de sexo em Campo Grande, mantém perfil em uma rede social onde exibe fotos suas e de garotos em poses sensuais ou com garrafas de vodca na mão.

O Conselho Tutelar pretende ouvir nesta quarta-feira (24) o adolescente. De acordo com a conselheira Cassandra Szuberski, a mãe do jovem também foi convidada a prestar esclarecimentos ao Conselho Tutelar.

A conselheira afirmou que tem conhecimento da situação e encaminhou relatórios à Polícia Civil e à Vara da Infância, Juventude e do Idoso em Campo Grande.

Cassandra informou ainda que irá levantar informações sobre os outros adolescentes supostamente envolvidos com as atividades do grupo, para depois convocá-los com seus pais ou responsáveis. O objetivo é aplicar medidas de proteção aos adolescentes, como atendimento psicossocial e reeducação comportamental.

Uma menina de 12 anos admitiu que matava aula para frequentar a casa. Ela negou que tivesse sido forçada a participar dos encontros ou que consumia bebidas alcoólicas e praticava sexo. Ela compareceu com a mãe na terça-feira (23) ao Instituto de Medicina e Odontologia Legal para fazer exames de corpo de delito.

"A sexualidade é algo saudável, mas tem que ter seus limites. Também vamos fazer um trabalho de conscientização com a comunidade do bairro, principalmente com os comerciantes, para esclarecer quem pode comprar bebida alcoólica e quem não pode", afirma a conselheira. Questionada sobre a eventual participação de maiores de 18 anos nos encontros, Cassandra disse que se houver indícios, devem ser investigados pela políci

Deixe seu Comentário

Leia Também

POLÍTICA
Ernesto Araújo diz à CPI da Pandemia que não houve atritos com a China
OPERAÇÃO HÓRUS
Polícia Militar apreende mercadorias de descaminho
PANDEMIA
Saúde confirma mais 1.522 infectados pela Covid e casos ativos passam de 12 mil em MS
POLÍTICA
CPI da Pandemia vai pedir que PF apure ameaças recebidas por senadores