Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
CARBONERA - JULHO, AGOSTO E SETEMBRO
SEGURANÇA

Líderes comunitários elogiam programa que vai ampliar viaturas nos bairros da Capital

17 julho 2021 - 10h30Por Portal Governo MS

Líderes comunitários de diferentes regiões da Capital elogiaram o lançamento do programa OCOP-PMMS (Obtenção de Capacidade Operacional Plena), que visa ampliar o número de viaturas nos bairros, além de aproximar os policiais da comunidade, com diálogo constante com os moradores.

O governador Reinaldo Azambuja lançou o programa na última segunda-feira (12), com a entrega de 48 novas viaturas que vão reforçar as rondas na região metropolitana de Campo Grande, para que além de prevenção, possa dispor de um atendimento mais rápido nas ocorrências. Os veículos também são monitorados em tempo real, por uma sala de situação na sede do Comando Geral da PM.

“O aumento de viaturas já faz a diferença nas ruas, pois ajuda tanto na prevenção como trabalho ostensivo contra os crimes. Este programa é muito gratificante, pois muitos bairros precisam desta presença maior da polícia para inibir a ação dos criminosos”, descreveu Irwing Ferreira, que é líder comunitário no Bairro Parati e faz parte do Conselho de Segurança da região.

Ele destacou ainda que este “diálogo” dos policiais com os moradores ajuda no trabalho e combate ao crime. “Este contato em reuniões e palestras aproximam os policiais e trazem mais segurança para as pessoas que moram na periferia”.

Coibir crimes

Já Carlos Henrique Faustino, líder comunitário do Bairro Noroeste, ressaltou que este aumento de viaturas no bairro é muito esperado pelos moradores, principalmente para coibir casos de furtos e roubos nas residências e locais comerciais. “Ficaremos muito felizes com esta ampliação, já que com as viaturas rodando ao longo do dia traz coíbe os crimes”.

O presidente da Associação dos Moradores das Moreninha III, Valdeci Oliveira Souza, citou que este reforço será eficaz principalmente no período noturno. “Já houve assaltos no final da madrugada, quando os moradores estão saindo para pegar o primeiro ônibus. A presença maior da PM será fundamental”.

Para Nilson Ferreira, líder comunitário do Aero Rancho, o programa fará muita diferença na região. “Com mais viaturas a ronda será maior, com revistas, abordagens e prevenção, já que intimida os criminosos”. Ele também elogiou o retorno das ações da polícia comunitária. “Este contato com os moradores é muito importante”.

Investimento e abrangência

O Governo do Estado investiu R$ 9.062.400,00 na aquisição das novas viaturas, com recursos do Fundo Estadual de Segurança. Além de outros R$ 600 mil para reforma e compra de equipamentos para Sala de Situação e COPOM (central que recebe as chamadas e aciona as viaturas).

O programa vai começar pela região metropolitana de Campo Grande, com abrangência a 1.035.833 pessoas, que além da Capital incluem os municípios de Bandeirantes, Corguinho, Jaraguari, Ribas do Rio Pardo, Rochedo, Sidrolândia e Terenos. Haverá a atuação diária de 90 policiais e 500 ao todo disponíveis para o projeto.

“Nós triplicamos o número de viaturas na cidade, para ter presença de mais policiais rodando 24 horas, sendo monitoradas e acompanhadas pelo Ciops por meio de GPS, em tempo real. Depois vamos levar o programa para as maiores cidades do Estado”, explicou o governador Reinaldo Azambuja.

Deixe seu Comentário

Leia Também

NOTÍCIAS
TJ implementará 100% do retorno dos serviços presenciais no dia 18 de outubro
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk recebe moção de agradecimento por destinação de emenda à Itaquiraí
CIDADE
Já está em vigor lei que reduz ICMS da energia elétrica para 1 milhão de unidades consumidoras
SAÚDE
Campanha foca em conversa com família para aumentar doação de órgãos