terça, 16 de abril de 2024
ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Menina de 12 anos que sumiu após sair da escola foi estuprada por colega, diz polícia

20 outubro 2022 - 14h30Por G1-MS

A menina, de 12 anos, que desapareceu na saída da escola, no bairro São Conrado, em Campo Grande, foi estuprada por um colega, segundo a polícia. A vítima foi encontrada, após quase 24 horas, desorientada e com ferimentos por vizinhos na tarde desta quarta-feira (19).

Ela saiu da escola, passou na casa da avó por volta das 17h20 e desapareceu na tarde de terça-feira (18). Ainda desorientada, a vítima relatou que foi abordada por dois colegas no caminho de casa e foi convidada a ir à casa de um deles. Segundo a polícia, no local, a menina sofreu abuso sexual.

Após o registro do caso, a vítima foi encaminhada para o Instituto Médico Legal (IML) onde o exame de corpo de delito foi realizado. A delegada Daniela Kades, da Delegacia Especializada de Atendimento à Infância e Juventude (Deaij), informou que a vítima será ouvida por psicólogos na tarde desta quinta-feira.

“Ela relatou que foi para casa de um colega, de 14 anos, e ele a forçou a ter relação sexual. A vítima passou por exame de corpo de delito e hoje a tarde vai prestar depoimento a uma psicóloga”, disse ao g1.

O caso foi registrado como estupro de vulnerável pela Deaij e segue sendo investigado. Até o momento nenhum suspeito foi identificado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

50+

Funtrab e rede supermercadista lançam 'Feirão da Empregabilidade' para contratação de profissionais

DETRAN-MS

Curso especial para condutores infratores ultrapassa 90% de aprovação

DESENVOLVIMENTO

Com R$ 3,2 bilhões, MS teve aumento de 227% nos investimentos públicos nos últimos três anos

TRAGÉDIA

Mãe e filho morrem e três ficam feridos em acidente no domingo de Páscoa