Menu
Busca terça, 11 de maio de 2021

Morte de acadêmico pode ter relação com homossexualismo, diz delegado

11 dezembro 2012 - 14h40
Correio do Estado



O titular da 1ª Delegacia de Campo Grande, Wellington de Oliveira, começa a ouvir a partir de hoje (11) amigos e parentes do acadêmico Lawrence Corrêa Biancão, de 20 anos. O jovem foi encontrado morto dentro de um carro no começo da tarde do último domingo (09) na Orla Morena, região do Bairro Cabreúva, em Campo Grande.

Em entrevista ao programa Bom dia MS, da TV Morena, o delegado afirmou que não descarta a possibilidade de o crime estar envolvido com questões relacionadas ao homossexualismo, no entanto, essa suspeita ainda será apurada.

O rapaz foi estrangulado com o fio de carregador do celular. Ele também apresentava vários machucados pelo corpo, o que indica que ele tenha lutado contra o assassino.

A polícia aguarda ainda o laudo necroscópico e a quebra do sigilo telefônico de Lawrence.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Segunda etapa da campanha de vacinação contra gripe começa hoje
ECONOMIA
Trabalhadores nascidos em agosto podem sacar auxílio emergencial
LEGISLATIVO
Deputados devem votar cinco propostas na Ordem do Dia desta terça-feira
TRÊS LAGOAS
PMA autua mulher por maus-tratos ao se mudar e deixar cinco cachorros e galinhas sem alimento