Menu
Busca sexta, 16 de abril de 2021

Mulher leva tijoladas e é encontrada agonizando em terreno abandonado

Mulher leva tijoladas e é encontrada agonizando em terreno abandonado

12 janeiro 2015 - 08h30Por CG News
Uma jovem de 24 anos foi encontrada agonizando depois de sofrer uma tentativa de homicídio na madrugada deste sábado (10), em um terreno abandonado na Rua Josino da Cunha Viana, quase na esquina com a Avenida Eloy Chaves no Bairro Vila Nova em Três Lagoas.

Conforme o site TL Notícias, uma pessoa que mora próximo ao local ouviu pedidos de socorro e ao verificar o que estava acontecendo, saiu de casa e foi até o terreno abandonado. Ele conseguiu visualizar que uma pessoa estaria caída em meio a vegetação e estaria semi nua e agonizando de dores.

Imediatamente a testemunha ligou para a Polícia Militar e uma Rádio Patrulha foi ao endereço indicado, comprovando a veracidade dos fatos. A vítima estava com a roupa levantada e apenas com a calcinha e apresentava sangramento na região da cabeça.

O Samu foi chamado e a equipe médica socorreu a mulher que estava com um corte contuso na região lateral da cabeça e afundamento de crânio. Depois do procedimento padrão de primeiros socorros ela foi levada ao Hospital Auxiliadora para receber os cuidados médicos necessários.

O bloco utilizado para ferir a mulher também foi encontrado manchado de sangue. A vítima não relatou quem seria o autor da tentativa de homicídio. A polícia suspeita que ela estaria fazendo um programa sexual quando foi agredida, pois ela já tem várias passagens pela polícia por furtos e outros delitos e o local onde ela foi encontrada, é conhecido por ser um ponto de prostituição de andarilhos. Foram realizadas diligências, mas nenhum suspeito foi preso.

Deixe seu Comentário

Leia Também

LEGISLATIVO
"Respiradores salvam vidas e essa é nossa meta", diz Neno Razuk em pedido de recursos para compra
CRIME AMBIENTAL
PMA autua pecuarista desmatamento dentro da Unidade de Conservação de Proteção Ambiental
BRASIL
Covid-19: em uma semana, mortes aumentam 8% e casos 6%
CASSILÂNDIA
Polícia Militar tira de circulação mais um foragido da justiça