Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Jardim Itatiaia
CAPITAL

Nota de pesar pelo falecimento do Delegado Mikaill Alessandro

07 maio 2021 - 07h45Por PC-MS

É com imenso pesar que a Polícia Civil do Estado do Mato Grosso do Sul comunica o falecimento do Delegado de Polícia Mikaill Alessandro Gouvea Faria, vítima de um acidente de carro na BR-060 entre Sidrolândia e Campo Grande no final da tarde desta quinta-feira (6).

O delegado retornava de uma operação policial realizada nesta manhã no município de Ponta Porã quando o veículo que conduzia, um Volkswagen Gol, colidiu com um caminhão boiadeiro. O delegado foi resgatado por militares do Corpo de Bombeiros e encaminhado, em estado grave, para o Hospital Santa Casa de Campo Grande com múltiplas fraturas, mas não resistiu aos ferimentos.

Mikaill Alessandro Gouvea Faria tinha 42 anos e passou a fazer parte dos quadros da Polícia Civil do Mato Grosso do Sul em 2014, quando foi aprovado em concurso público e lotado na Delegacia de Polícia de Amambai. Ao se destacar na fronteira, logo foi promovido a Delegado Regional Adjunto da Delegacia Regional de Ponta Porã, em 2018.

No final de 2019, Mikaill foi transferido para a capital e trabalhou na 1ª e na 6ª Delegacia de Polícia, local onde atuou até o último dia 3 de maio, quando foi designado a assumir a titularidade da mais recém criada Delegacia Especializada de Combate a Crimes Rurais e Abigeato (Deleagro).

Mikaill Alessandro deixa um filho pequeno, familiares e muitos amigos enlutados. A Polícia Civil se une estes amigos e familiares no lamento à perda do Delegado, que deixará muitas saudades.  

Informações sobre velório e enterro serão passadas assim que for definido horário e local.

Deixe seu Comentário

Leia Também

OPERAÇÃO HÓRUS
Policiais Militares apreende veículo por contrabando de cigarros
OPERAÇÃO HÓRUS
Carro furtado na última quinta-feira em Minas Gerais é recuperado pelo DOF
JUSTIÇA
Mais de um ano após liminares, STF debate juiz de garantias
OPERAÇÃO HOT POINT
PMA prende e autua em R$ 2,36 mil pescador por pesca predatória ao capturar pescado acima da cota