Menu
Busca quarta, 22 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
CRIME AMBIENTAL

PMA autua empresa paulista por derrubada ilegal de árvores em substituição de área de pastagem

04 junho 2021 - 18h00Por PM-MS

Policiais Militares Ambientais de Porto Murinho, que trabalham na operação Corpus Christi/Big Fish III/21, realizavam fiscalização ambiental e localizaram hoje (4) em uma propriedade rural no município, localizada a 95 km da cidade, uma área de exploração ilegal de árvores que eram derrubadas para exploração da madeira e mudança no uso do solo.

No local, 86 árvores de grande porte da espécie aroeira, madeira que até bem pouco tempo era protegida por lei, devido a sua exploração intensiva por muito tempo, em razão do alto valor econômico, foram derrubadas recentemente sem a licença do órgão ambiental. A empresa proprietária da fazenda, com domicílio jurídico em Presidente Prudente (SP), que exploraria a madeira, efetuou a derrubada das árvores para substituir a área que era de pastagem por lavoura.

As árvores derrubadas ilegalmente estavam ao solo no local e foram proibidas de terem a madeira explorada, sem a legalização junto ao órgão ambiental. A empresa infratora, foi autuada administrativamente e foi multada em R$ 25.800,00. Os responsáveis também responderão pelo crime ambiental, com pena de seis meses a um ano de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

INOCÊNCIA
Polícia Militar prende homem que agrediu com uma marreta e pedaço de madeira a própria mãe idosa
SAÚDE
Fiocruz recebe lote de IFA para produção de vacinas
ORDEM DO DIA
Redução de ICMS para nova taxa de luz é aprovada
BOLETIM COVID
Boletim Covid desta quarta-feira tem 8 óbitos, 236 casos e taxa de contágio em 0.80