Menu
Busca segunda, 27 de setembro de 2021
CARBONERA - JULHO, AGOSTO E SETEMBRO
JARDIM

PMA autua pecuarista em R$ 19 mil por erosões com escoamento de sedimentos causando turbidez na água

15 abril 2021 - 07h45Por PM-MS

Depois de receberam denúncias, de que com as chuvas recentes, o rio da Prata estava ficando com turbidez na água, Policiais Militares Ambientais de Jardim realizaram fiscalização para localizar a fonte do problema e hoje (14) autuaram um proprietário rural por falta de conservação do solo que gerou a modificação na água do rio. Os Policiais localizaram em uma fazenda no município, a 36 km da cidade, processos erosivos do tipo ravinas e voçorocas, de onde houve carreamento de sedimentos ao rio, causando a turbidez localizada da água.

Na vistoria, a PMA verificou que a falta de conservação do solo, pela não dotação de medidas protetivas como terraceamento e outras, geraram o problema ambiental, aliada ainda ao pisoteio do gado. O proprietário da fazenda, um pecuarista de 58 anos, residente em Dourados, foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 18.900,00. O autuado também foi notificado a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental. Os autos também serão encaminhados ao Ministério Público para possível abertura de ação civil pública de reparação dos danos ambientais.

Deixe seu Comentário

Leia Também

BRASIL
Deputados derrubam vetos a lei que suspende os despejos na pandemia
MINUTO CIDADANIA
Campanha de Enfrentamento à violência sexual contra crianças e adolescentes
CORONAVÍRUS
Setembro apresenta queda de 56% nas internações por covid em relação a agosto
ECONOMIA
Dívida Pública sobe 1,57% em agosto e aproxima-se de R$ 5,5 tri