Menu
Busca terça, 21 de setembro de 2021
Cerro Alegre Empreendimentos Imobiliários
CRIME AMBIENTAL

PMA autua pecuarista por desmatamento em área protegida de matas ciliares de córrego

30 março 2021 - 13h15Por PM-MS

Durante fiscalização em uma fazenda, localizada no município, a 60 km da cidade, Policiais Militares Ambientais de Bonito localizaram ontem (29) à tarde, a supressão de vegetação de matas ciliares de um córrego, que corta a propriedade. O proprietário da fazenda, que recebeu os Policiais, possuía a licença ambiental para um desmatamento que estava executando, porém, ele adentrou a supressão vegetal até 15 metros da margem de um córrego, onde deveriam ser preservados 30 metros, como de preservação permanente (APP).

O pecuarista, de 68 anos, afirmou que o seu funcionário havia instalado a cerca confeccionada para proteger a área de mata ciliar do pisoteio do gado no local errado. A área afetada medida com GPS perfez 2.600 metros quadrados. As atividades foram paralisadas no local da infração e o proprietário foi orientado a mudar a cerca de local e a apresentar um Plano de Recuperação da Área Degradada e Alterada (PRADA), junto ao órgão ambiental.

Contra o infrator, residente em Dourados, foi confeccionado auto de infração administrativo e arbitrada multa de R$ 5.000,00. Ele também responderá por crime ambiental, que prevê pena de uma a três anos de detenção.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministro diz que efeitos adversos não podem interromper vacinação
SAÚDE
Inmet alerta para onda de calor e umidade abaixo de 12% em Mato Grosso do Sul
REGIÃO
Polícia Militar prende dois homens por Tráfico de Drogas
JUSTIÇA
Justiça do Trabalho inicia Semana Nacional de Conciliação