Menu
Busca quarta, 27 de outubro de 2021
Sanesul - Ranking Valor Econômico
OPERAÇÃO PROLEPSE

PMA autuam um assentado em R$ 60 mil por incêndio no Pantanal

16 setembro 2021 - 12h30Por PM-MS

Equipes de Policiais Militares Ambientais de Miranda e Corumbá realizavam trabalhos conjuntos preventivos e informativos por meio de panfletagem e de Educação Ambiental em prevenção aos incêndios na operação Prolepse nas propriedades rurais do município de Bodoquena e, enquanto visitavam propriedades nas proximidades do Assentamento Canaã, no Pantanal ontem (15) à tarde, perceberam um incêndio na área do assentamento e propriedades vizinhas.

A equipes realizaram os levantamentos para determinação da origem e da causa do incêndio e conseguiram apurar que o responsável era o proprietário de um lote, que havia colocado fogo em uma área de pastagem, onde criava gado, perdido o controle e o incêndio havia atingido outras propriedades, inclusive, queimando cercas. Os Policiais mediram a área atingida com uso de GPS, que perfez 60 hectares.

O Infrator (64), residente em Bodoquena­­­­, que não possuía licença, até porque a queima controlada no Estado está proibida, inclusive, para quem possuía licença e não havia realizado a queima, foi autuado administrativamente e multado em R$ 60.000,00. Apesar dos esforços e das orientações, inclusive pela mídia, em relação à proibição dos incêndios, algumas pessoas insistem com esse costume, que é bastante prejudicial ao ambiente e à saúde da população afetada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE
Ministério da Saúde já está desabilitando leitos de terapia intensiva
SAÚDE
Mais de 18 milhões de brasileiros que já deveriam ter tomado a segunda dose da vacina contra a covid
ECONOMIA
Arrecadação federal cresce 12,9% e bate recorde em setembro
CAMPO GRANDE
Polícia Civil cumpre Mandado de Prisão contra autor de Homicídio Tentado