Menu
Busca segunda, 25 de outubro de 2021
Jardim Itatiaia
CRIME AMBIENTAL

PMA de Campo Grande e Coxim autuam mato-grossense por pesca predatória

Apreenderam 11 kg de pescado, barco, motor e petrecho de pesca

03 abril 2021 - 09h45Por PM-MS

Um corretor de imóveis mato-grossense de 30 anos, residente em Primavera do Leste, foi autuado por pesca predatória hoje (2), por Policiais Militares Ambientais de Campo Grande e Coxim, que trabalham na operação Big Fish I/21, dentro da operação Semana Santa e que fiscalizam os rios na divisa do Mato Grosso do Sul e Mato Grosso. O pescador foi abordado no rio Piquiri, quando estava em uma embarcação e havia capturado seis exemplares de peixes da espécie pacu, havendo três dos exemplares abaixo do tamanho mínimo de captura permitido pelas normas, o que se caracteriza como crime ambiental.

Havia exemplar de peixe com 38 centímetros, quando o tamanho mínimo de captura é de 45 centímetros para a espécie. Além disso, O pescador amador, também só poderia capturar e abater um exemplar de peixe nativo e mais cinco exemplares de piranha, conforme cota estabelecida em norma. Portanto, havia capturado pescado acima da quantidade permitida, fato que também é caracterizado como crime. O pescado, pesando 11 kg, o barco, o motor de popa e um molinete foram apreendidos.

O infrator responderá por crime ambiental de pesca predatória. A pena para o crime é de um a três anos de detenção. Ele também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 920,00. O pescado será doado para a população ribeirinha que mora à margem do rio Piquiri.

Barco e motor apreendidos.

Deixe seu Comentário

Leia Também

ECONOMIA
Falta de material e custos impactam a indústria da construção
ECONOMIA
Cai tempo médio para abertura de empresas no país
Prazo era de 5 dias e 9 horas em 2019 e hoje está em 47 horas
LEGISLATIVO DE MS
Neno Razuk solicita a Sejusp a compra de veículos para patrulhamento rural em Ponta Porã
MARACAJU
Polícia Militar apreende mais de meia tonelada de entorpecentes