sexta, 01 de julho de 2022
REGIÃO

PMA prendem pedreiro transportando pescado abaixo da medida e acima da cota permitidas

18 junho 2022 - 12h00Por PM-MS

Policiais Militares Ambientais de Coxim e de Campo Grande, que trabalham na operação Corpus Christi realizavam fiscalização em prevenção à pesca predatória hoje (18) às 7h00 e abordaram um veículo motocicleta Yamaha, na rodovia MS 142, que dá acesso ao local conhecido como “Cachoeira Quatro Pés”. O homem não possuía habilitação e em uma sacola na garupa, os Policiais encontraram dois exemplares de peixes da espécie pintado, medindo 74, e 75 centímetros e, portanto, ambos abaixo do tamanho mínimo permitido para a captura e abate que é de 85 centímetros para a espécie.

Segundo o condutor da motocicleta, o pescado, pesando 6 kg, teria sido comprado por ele em um pesqueiro. Além da captura abaixo do tamanho mínimo permitido, o pescado estava acima da cota permitida pela legislação, cota esta, que é de um exemplar e cinco exemplares de piranha por pescador. O pescado e o veículo foram apreendidos.

O infrator (40), um pedreiro, residente em Coxim, recebeu voz de prisão e foi conduzido à delegacia de Polícia Civil daquela cidade, juntamente com o material apreendido, onde ele está sendo autuado em flagrante, neste momento (11h30) por crime ambiental de transporte de produto da pesca predatória. A pena é de um a três anos de detenção e ele poderá sair depois de pagamento de fiança. O infrator também foi autuado administrativamente e foi multado em R$ 820,00. O pescado será doado para instituições filantrópicas, depois de periciado.

Deixe seu Comentário

Leia Também

SAÚDE

Covid-19: Brasil registra 229 óbitos e 64,36 mil casos em 24h

TEMPO

Mato Grosso do Sul deve ter clima estável nesta primeira semana do inverno

GERAL

Receita Federal deixa de exigir autenticação de documentos

POLÍTICA

Rodrigo Pacheco defende parceria entre Poderes em favor da sociedade