Menu
Busca quarta, 14 de abril de 2021

Polícia apreende 1.400 kg de carne irregular que seria comercializada

Polícia apreende 1.400 kg de carne irregular que seria comercializada

16 janeiro 2015 - 09h00Por CG News
A Polícia Civil de Terenos apreendeu 1.400 kg de carne bovina que foram abatidas irregularmente e seriam vendidas em dois açougues do município. Três pessoas foram autuadas na operação que durou 48 horas e contou com o apoio da Vigilância Sanitária.


Segundo informações da polícia, agentes passaram dois dia envolvidos na investigação do esquema criminoso de abate e venda de carne bovina, sem origem conhecida. Foi feito o monitoramento do principal distribuidor da cidade, um mercado localizado na Avenida Doutor Ary Coelho de Oliveira, onde Eufrázio Claudino das Virgens Filho, 43 anos, foi preso em flagrante. Ele mantinha em sua câmara fria dois bovinos carneados.

Na chácara onde os animais foram abatidos, os policiais apreenderam o o proprietário Manoel de Jesus Fabri, 41 anos, vendedor dos animais. Lá foram encontraram os restos dos animais carneados, sem nenhuma higiene. Um terceiro envolvido, o proprietário do segundo açougue, Dionízio Brum fugiu e está sendo procurado pelos agentes da Delegacia de Polícia de Terenos.

Eufrázio foi liberado pelo Juíz após o comerciante pagar fiança de R$ 2 mil. A carne apreendida foi encaminhados à empresa especializada para o descarte de alimentos vendidos em desacordo com as prescrições legais.

Manoel Jesus Fabri foi indiciado e liberado devendo responder o processo em liberdade. A Perícia compareceu para materializar as condições em que a carne foi encontrada.

Deixe seu Comentário

Leia Também

CORREDOR BIOCEÂNICO
Após suspensão de licitação, governo requisita novo cronograma para obra de ponte sobre Rio Paraguai
JUSTIÇA
STF confirma decisão que determinou a abertura de CPI da Pandemia
POLÍTICA
Senado debate adiamento do reajuste de preços de medicamentos
NAVIRAÍ
Polícia Civil incinera 1,2 tonelada de drogas